quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Balanço Pré-época 2012/2013

Terminada a pré-época, é hora de realizar um pequeno balanço da mesma. Esta iniciou-se no dia 4 de Setembro e terminou no passado sábado com o jogo UDCB - SC Figueirense. Os resultados foram os seguintes:

UDCB 3 - 0 Dragões Padre Nabeto
Despertar SC (Juniores) 2 - 2 UDCB
UDCB 2 - 0 AC Cuba (I Torneio Triangular do UDCB)
UDCB 1 - 1 Louredense FC (I Torneio Triangular do UDCB)
CP São Matias 3 - 1 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
FC Albernoense 1 - 0 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
GDCP Quintos 0 - 2 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
GDC Neves 1 - 1 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
SC Figueirense 1 - 1 UDCB
UDCB 2 - 0 SC Figueirense

A nossa equipa realizou 10 jogos marcando 15 golos e sofrendo 9. A nossa equipa conseguiu 4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. Relativamente aos marcadores, Rafael Xavier e Artur Mira ocupam o cimo da tabela de marcadores com 3 golos cada um, seguidos do Diogo Ferro, Afonso Santos e Ivo Viriato com 2 golos e do Diogo Pimentinha e do Luís Martins com apenas 1 golo.

A nossa equipa conquistou o I Torneio Triangular realizado pelo Clube mas rubricou uma participação modesta no Troféu Município de Beja onde nos dois anos anteriores tinha obtido um 2º e um 3º lugar.

Qual o balanço que faz desta pré-temporada? Positiva ou negativa?

 

domingo, 28 de outubro de 2012

Resumo do Jogo - U.D.C.B. vs S.C. Figueirense

Num jogo onde ambas as equipas se apresentaram com algumas baixas, sendo que no caso da nossa equipa foram 6 os jogadores que não puderam dar o seu contributo à equipa entre eles Diogo Ferro, Cláudio Ramos, Pedro Reis, Diogo Pimentinha, Vítor Galvão e Rafael Xavier. Desta forma houve a necessidade de apresentar algumas alterações no 11 inicial.

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Luís Martins, André Pontes, Miguel Damásio; André Ramos, Pedro Abundância, Bernardo Xavier, Miguel Ramos; Afonso Santos, Ivo Viriato.

Suplentes: Osvaldo Faias; Pedro Veiga, Edgar Carapeto, Rui Militão, Artur Mira e Mário Neves.

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

As equipas entraram em campo dispostas a treinar com intensidade e sempre à procura das balizas adversárias. Foi uma primeira parte muito dividida onde ambas as equipas conseguiram desenvolver algumas boas jogadas.
O melhor momento da primeira parte nasce de um bom passe do Nuno Grazina a isolar o Ivo Viriato que com a saída do guarda-redes faz o remate para o primeiro golo da tarde(1-0).
O Figueirense tentou responder e conseguiu uma boa oportunidade para empatar a partida. Através de um contra-ataque com muita velocidade, e depois de um cruzamento do seu lado esquerdo, o extremo-direito aparece em frente ao nosso guarda-redes mas acaba por rematar por cima da baliza.

Resultado ao Intervalo: 1 - 0 (Ivo Viriato)

2º Parte

Durante a segunda parte a nossa equipa conseguiu jogar mais na frente e o Figueirense começou a tentar chegar a nossa baliza através de contra-ataques. Conseguimos criar boas oportunidades para marcar, uma delas foi de bola parada com Luís Martins a cabecear após um canto mas com a bola a sair um pouco por cima da barra. O segundo momento da tarde acontece outra vez por intermédio de Ivo Viriato que após outro bom passe a rasgar a defesa, o Ivo consegue levar a melhor no 1 para 1 com o guarda-redes e faz o segundo golo da tarde (2-0). De realçar um lance de perigo junto da nossa baliza quando após um primeiro remate e defesa incompleta do Daniel surge um jogador adversário para a recarga e o Daniel consegue uma segunda defesa quando tudo fazia prever o golo dos forasteiros.

Resultado Final: 2 - 0 (Ivo Viriato, 2)

Foi mais um bom treino por parte da nossa equipa, em que alguns dos jogadores com menos minutos tiveram a oportunidade de se mostrar. Destaque para a boa entre-ajuda durante todo o jogo e para o Ivo Viriato que conseguiu os dois golos da tarde.

Sendo que este foi o último jogo de preparação da equipa, estão reunidas as condições para uma boa época desportiva? Estará a equipa preparada para os "jogos a doer"? O que se pode esperar desta jovem equipa?

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Campeonato Distrital da Inatel de Beja - Grupos

Realizou-se ontem com inicio pelas 19h30 o sorteio correspondente ao Campeonato Distrital da Inatel de Beja. Nesta temporada 2012/2013 serão 47 equipas em competição sendo que deram entrada 8 novas formações. Serão disputados ao todo 479 jogos.

- 1º Fase (Inicio a 3 e 4 de Novembro de 2012 e término a 17 de Fevereiro 2013)
5 grupos de 7 equipas
2 grupos de 6 equipas

Passam à 2º Fase, os primeiros dois classificados e os 6 melhores terceiros. Passam, portanto, 20 equipas.

- 2º Fase (Taça Fundação Inatel)
4 grupos com 5 equipas

Passam os primeiros classificados.

- 2º Fase (Taça Agência de Beja)
3 grupos com 5 equipas
2 grupos com 6 equipas

Passam os primeiros classificados e os três melhores segundos.

Todas as fases serão jogadas a duas voltas!!!

Assim, o sorteio ditou as seguintes séries:

SÉRIE A
Pedrogão do Alentejo
Brinches
Quintos
LUSO Serpense
UAI Ficalho
Sobral D´Adiça
Salvadense
1ª Jornada
UAI Ficalho Vs Salvadense
Quintos Vs Pedrogão
Sobral D´Adiça Vs Brinches
Isento: LUSO Serpense
 
SÉRIE B
AC Cuba
Faro do Alentejo
São Matias
UDC Beringelense
Neves
Penedo Gordo
Louredense
1ª Jornada
São Matias Vs Louredense
Faro do Alentejo Vs Penedo Gordo
Neves Vs AC Cuba
Isento: UDC Beringelense

SÉRIE C
Messejanense
Vale da Oca
Jungeiros
Alvorada
Figueirense
Santa Vitória
Mombeja
1ª Jornada
Messejanense Vs Vale da Oca
Alvorada Vs Figueirense
Jungeiros Vs Mombeja
Isento: Santa Vitória

SÉRIE D
Sete
Albernoense
Sanjoanense
Trindade
Alcariense
Fernandes AC


1ª Jornada
Albernoense Vs Alcariense
Fernandes AC Vs Sete
Trindade Vs Sanjoanense
 
SÉRIE E
Luzianes Gare
Cercalense
Sonega
Colos
Santa Luzia
Relíquias
Amoreiras Gare
1ª Jornada
Cercalense Vs Luzianes
Sonega Vs Colos
Relíquias Vs Santa Luzia
Isento: Amoreiras Gare

SÉRIE F *
Milfontes
Cavaleiro
Malavado
Boavista
Campo Redondo
Sabóia AC
Bemposta
SÉRIE G *
Santaclarense
Pereirense
Naverredondense
Serrano
Santa Clara-a-Nova
Almodovarense
 
 Não possuimos informação sobre a 1º Jornada destas duas séries.

Boa série para a nossa equipa? Quais são os favoritos à passagem em cada série?

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Escalão de Benjamins do U.D.C.B.

É com desagrado que publicamos esta noticia mas é a realidade do clube. No seguimento do post do dia 26 de Julho de 2012 e que pode consultar aqui:

http://udcb.blogspot.pt/2012/07/escaloes-de-formacao-para-20122013.html

Podemos confirmar que a equipa prevista para este escalão para a temporada 2012/2013 não irá avançar na medida em que alguns elementos abandonaram este projecto para ingressar em outros clubes. Posto isto o clube decidiu cancelar a sua participação pois não estavam reunidas as condições que achámos necessárias e essenciais para realizar uma época desportiva neste escalão.

Os projectos desses clubes poderão ser mais aliciantes ou talvez as condições propostas sejam melhores. A nossa realidade é diferente, simples e humilde.

Assim, o U.D.C.B irá apenas possuir a equipa sénior a disputar o Campeonato Distrital de Inatel de Beja. Será para esta equipa que a direcção irá reunir esforços para criar as melhores condições possíveis aos jogadores do plantel.

Há alguns anos para cá que o U.D.C.B. vinha a conseguir apresentar equipas nos escalões de formação nomeadamente em Benjamins e Infantis. Contudo, este ano, esse feito não se conseguiu. Quais os principais motivos a apontar?

domingo, 21 de outubro de 2012

Resumo do Jogo - S.C. Figueirense vs U.D.C.B.

Ontem a nossa equipa realizou mais um jogo de preparação, desta vez no sintético de Ferreira do Alentejo com a formação do S.C. Figueirense. O jogo estava agendado para as 16 horas numa boa tarde para a prática do futebol. De referir que apresentámo-nos com algumas baixas como foi o caso do André Ramos, Cláudio, Luís Martins e Vítor Galvão por indisponibilidade dos mesmos.

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Pedro Veiga, Edgar Carapeto, André Pontes, Rui Militão; Pedro Abundância, Miguel Ramos, Bernardo Xavier, Artur Mira; Afonso Santos, Rafael Xavier.

Suplentes: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Miguel Damásio; Mário Neves, Diogo Ferro, Pedro Reis; Ivo Viriato, Diogo Pimentinha

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

Desde logo se percebeu que a equipa do SC Figueirense melhorou do ano passado para este pois começaram a assentar o seu jogo e controlá-lo. No entanto a nossa equipa foi mais feliz e após alguns contra-ataques perigosos em que infelizmente não conseguimos marcar, eis que surge o primeiro lance que inaugura o marcador. Pedro Veiga realiza um lançamento lateral bastante longo desmarcando Artur Mira que prossegue até à linha de fundo onde cruzando rasteiro serve Rafael Xavier para o primeiro golo da nossa equipa (0 - 1, Minuto 8).
O SC Figueirense não mudou a sua forma de jogar e continuou a tentar chegar á nossa baliza em ataques organizados. Felizmente a bola não estava a chegar próximo da nossa baliza pois mesmo com algumas faltas perigosas da nossa parte os livres eram mal batidos e não criavam muito perigo.

Resultado ao Intervalo: 0 - 1 (Rafael Xavier)

2º Parte

Tínhamos uma estratégia pensada para o jogo e que envolvia um sistema diferente. No entanto, a nossa incapacidade para pressionar o adversário resultou com que voltássemos ao sistema habitual o que equilibrou de alguma forma o jogo pois estamos mais habituados. Por esta altura o jogo era disputado a meio-campo na luta pela posse de bola sendo que os homens do SC Figueirense mostraram-se sempre mais fortes e organizados. 
E como vem acontecendo, (a nossa equipa é bastante simpática para os adversários) após desacerto defensivo, ninguém consegue "tirar" a bola que sobra para um jogador do SC Figueirense que com espaço perto da linha da grande área remata para o fundo da nossa baliza. 
(1 - 1, 10 Minutos)
A partir deste momento a nossa equipa começou a jogar um futebol mais feio mas talvez mais perigoso com sucessivos lançamentos longos para os recém entrados Diogo Pimentinha e Ivo Viriato.
Nos 5 minutos finais, a nossa equipa recupera a bola no meio campo adversário solicitando Nuno Grazina na faixa direita, este cruzou para Diogo Ferro que rematou para defesa apertada do Garda-Redes adversário para a frente com Artur Mira a aproveitar e a encostar para o fundo da baliza. Contudo o golo não foi válido com o árbitro auxiliar a assinalar fora-de-jogo. Decisão duvidosa pois o Artur parece-nos estar atrás de pelos menos 2 defesas do SC Figueirense.
Num lance anterior os homens de Figueira de Cavaleiros pediram penalty por falta de Miguel Damásio mas o árbitro mandou seguir.

Resultado Final: 1 - 1

O SC Figueirense demonstrou ser um adversário organizado e que com algumas caras novas apresentou uma equipa capaz de bom futebol e resultados. As condições que possuem agora também lhes permitem trabalhar de outra forma e com mais qualidade.
Agradecemos este jogo de treino esperando pelo próximo fim de semana para novo embate.

Resultado Justo? De que forma os jogadores indisponíveis podem afectar o rendimento da equipa sendo que são jogadores importantes?

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Resumo da 2º Fase do Troféu Município de Beja

No passado sábado a nossa equipa deslocou-se até Beja, mais propriamente ao campo de jogos do Bairro da Conceição para disputar a 2º Fase do Troféu Município de Beja. Os jogos tiverem inicio à hora estipulada e desta vez houve a presença do trio de arbitragem para fazer valer as regras de um jogo de futebol.

1º Jogo - UDC Beringelense vs GDCP Quintos

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Nuno Grazina, Luís Martins, André Pontes, Miguel Damásio; André Ramos, Miguel Ramos, Bernardo Xavier; Diogo Ferro, Afonso Santos, Rafael Xavier.

Suplentes: Daniel Raposo; Pedro Veiga, Edgar Carapeto, Cláudio Ramos, Rui Militão; Pedro Abundância, Mário Neves; Ivo Viriato, Artur Mira, Diogo Pimentinha

Treinador: Tiago Borges

Durante a primeira parte a nossa equipa tentou chegar à baliza adversária mas nunca conseguiu praticar um bom futebol. O pouco tempo de jogo útil também foi um factor que levou ao pouco futebol jogado.
Na segunda parte e já com Artur Mira em campo, entrámos melhor. Após um lançamento lateral, Artur Mira consegue desembaraçar-se da defesa adversária e faz um cruzamento rasteiro onde aparece Afonso Santos para abrir o marcador (1-0).  O Afonso acabou por bisar quando após desmarcado, através de um passe longo, faz um chapéu ao guarda-redes adversário (2-0). 
Passados poucos minutos o jogo acabava com o Afonso Santos a ser figura de destaque.

Resultado Final: 2 - 0 (Afonso Santos, 2)

2º Jogo - GDC Neves vs Louredense FC

Jogo com maior ascendente do Louredense e onde o Neves procurou jogar em contra-ataque. O volume de jogo do Louredense permitiu criar oportunidades suficientes para marcar mas a falta de eficácia dos jogadores era notória sendo a perdida de Sérgio Maximino a mais clamorosa na nossa opinião. Num dos vários contra-ataques executados pelo adversário, este chega ao golo com Luís Paulo a receber e a jogar largo no companheiro, finalizando com o joelho o cruzamento do companheiro de equipa.

 Resultado Final: 1 - 0 (Luís Paulo)

3º Jogo - GDCP Quintos vs Louredense FC (9º e 10º lugares)

Novamente aqui o Louredense entrou melhor e controlou o jogo a seu belo prazer. Numa das várias jogadas a bola chega a Will e o jovem não perdoou com o remate certeiro. Por outro lado, surgiram algumas jogadas de aflição na defensiva e o Quintos poderia ter aproveitado. Ganhou a equipa que fez mais por merecer.

Resultado Final: 0 - 1 (Will)

4º Jogo - GDC Neves vs UDC Beringelense (7º e 8º lugares)

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Luís Martins, Edgar Carapeto, Cláudio Ramos, Rui Militão; Pedro Abundância, André Ramos, Miguel Ramos, Diogo Ferro; Afonso Santos, Artur Mira.

Suplentes: Osvaldo Faias; Pedro Veiga, Nuno Grazina, André Pontes, Miguel Damásio; Bernardo Xavier, Mário Neves; Ivo Viriato,  Diogo Pimentinha, Rafael Xavier

Treinador: Tiago Borges

A nossa equipa dominou durante a maior parte do jogo, jogou melhor do que no jogo anterior e marcou mais cedo. Desta vez, ainda durante a primeira parte, Artur Mira inaugura o marcador ao realizar um bonito chapéu ao guarda-redes (1-0).
A nossa equipa relaxou no jogo depois do golo e já perto do final sofreu um golo após um erro defensivo e assim a equipa das Neves levou o jogo para penaltys. Na lotaria dos penaltys a nossa equipa acabou por ser infeliz e assim perdeu o jogo.

Resultado Final: 1 - 1 ( 4 -3 nas g.p.) (Luís Paulo; Artur Mira)


No próximo fim de semana, a equipa desloca-se até Ferreira do Alentejo para defrontar o SC Figueirense em mais um jogo de preparação. Quais devem ser os objectivos para este jogo?

terça-feira, 9 de outubro de 2012

XII Edição Troféu Município de Beja - 2º Fase

Grupo A - 1º ao 3º lugar
Completo Desportivo Fernando Mamede (Relvado Natural)

15 H: FC Albernoense vs CDR Salvadense
16 H: FC Albernoense vs CCD Trindade
17 H: CDR Salvadense vs CCD Trindade

Grupo B - 4º ao 6º lugar
Complexto Desportivo Fernando Mamede (Sintético 1)

15 H: ACD Penedo Gordo vs GDC Mombeja
16 H: ACD Penedo Gordo vs CP São Matias
17 H: GDC Mombeja vs CP São Matias

Grupo C - 7º ao 10º lugar
Instalações Desportivas - Bairro Nossa Senhora da Conceição

14H30: UDC Beringelense vs CDCP Quintos
15H30: GDC Neves vs Louredense FC
16H30: Vencido do jogo 1 vs Vencido do jogo 2
17H30: Vencedor do jogo 1 vs Vencedor do jogo 2


Sendo que a participação na 1º fase ficou muito aquém das expectativas o que se espera da equipa nesta 2º fase?

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Resumo da 1º Fase do Troféu Município de Beja

No Sábado passado a nossa equipa deslocou-se a São Matias para disputar a primeira fase do 
XII Edição Troféu Município de Beja. Os jogos tiveram inicio às 14.30 e começaram com um percalço, uma vez que os árbitros seleccionados para o torneio não compareceram em nenhum dos campos.
Os árbitros foram então simpatizantes dos clubes que iriam disputar os jogos. Os jogos foram de 40 minutos com troca de campo aos 20min.

1º Jogo -São Matias vs UDCB

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Edgar Carapeto, Luís Martins, Rui Militão; André Ramos, Pedro Abundância, Diogo Ferro; Vítor Galvão, Artur Mira e Rafael Xavier. 

Suplentes: Osvaldo Faias, Bernardo Xavier, Miguel Ramos, Afonso Santos, Ivo Viriato, Diogo Pimentinha, Pedro Veiga e André Pontes.

Treinador: Tiago Borges

A nossa equipa entrou confiante em campo e conseguiu desenvolver algumas jogadas junto à área da equipa adversária. Mas talvez com um pouco de excesso de confiança foi a equipa visitada que acabou por marcar numa jogada de contra-ataque em que o avançado Lixa consegue ultrapassar o nosso central e rematar em arco inaugurando assim o marcador. (1-0) A nossa equipa não baixou os braços e logo após o intervalo, através da marcação de um penalty (bem assinalado por mão do defesa de São Matias), Diogo Ferro coloca o resultado em 1-1.  Continuámos a pressionar mas a equipa visitada chegou novamente ao golo poucos minutos passados do empate. Mais uma vez o avançado Lixa consegue através de um lançamento longo aparecer nas costas da nossa defesa e cabecear para o 2-1.  Foi um rude golpe para a nossa equipa que a meu ver estava melhor no jogo e assim continuou até ao final. Devido à possibilidade de haver substituições ilimitadas o treinador do São Matias começou a fazer subtituições de 2 em 2 minutos e com isso diminui em muito o tempo de jogo jogado. Apesar disso ainda tivemos algumas boas oportunidades para marcar mas acabou mais uma vez por ser o São Matias a marcar num penalty a fechar o jogo (3-1).

Nos penaltys a nossa equipa acabou por sair vencedora.

Resultado Final: 3-1

2º Jogo - São Matias vs Albernoense

O São Matias entrou melhor na partida e chegou primeiro ao golo. A equipa do Albernoense não se deu por vencida e com um futebol mais esclarecido conseguiu ainda chegar ao empate. (1-1)

Resultado Final: 1-1

3º Jogo - UDCB vs Albernoense

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Nuno Grazina, André Pontes, Luís Martins, Rui Militão; André Ramos, Miguel Ramos, Bernardo Xavier,Diogo Ferro; Vítor Galvão, Ivo Viriato

Suplentes: ; Daniel Raposo; Pedro Abundância, Afonso Santos, Diogo Pimentinha, Edgar Carapeto, Pedro Veiga, Rafael Xavier e Artur Mira.

Treinador: Tiago Borges

Foi um jogo bastante equilibrado, em que na minha opinião a nossa equipa voltou a criar mais oportunidades que o adversário. Corremos, lutámos, jogámos mas infelizmente na única vez que a nossa defesa falhou, a cerca de 10 minutos do final, o Albernoense chegou ao golo. Os nossos centrais não se entenderam com o guarda-redes e a bola acabou a ressaltar para um jogador do Albernoense que encostou a bola para dentro da nossa baliza (0-1)

Resultado Final: 0 - 1

Classificação do Torneio
1º Lugar: Albernoense
2º Lugar: São Matias
3º Lugar: UDCB


Um Sábado amargo para a nossa equipa que lutou bastante mas não conseguiu conquistar qualquer ponto. Um dia a não esquecer para todos nós pois foi por culpa nossa que não conseguimos ganhar nenhum dos dois jogos. 

Parabéns ao Albernoense pelo primeiro lugar.

Classificação justa tendo em conta o que a equipa produziu? Quais os principais erros a apontar?

terça-feira, 2 de outubro de 2012

XII Edição Troféu Município de Beja

Realizou-se na passada Segunda-Feira, dia 24 de Setembro pelas 18 horas a reunião referente à XII Edição do Troféu Município de Beja. Visto que os aspectos relacionados com o torneio como o regulamento, por exemplo, já estão definidos de ano para ano apenas necessitando de pequenos reajustes procedeu-se rapidamente ao sorteio dos respectivos locais e grupos do torneio. Assim, o sorteio ditou:

Grupo 1 (São Matias)
São Matias
UDCB
Albernoense

14h30 - São Matias vs UDCB
15h30 - São Matias vs Albernoense
16h30 - UDCB vs Albernoense

Grupo 2 (Neves)
Neves
Louredense
Penedo Gordo
Salvadense

14h - Louredense vs Salvadense (1)
15h - Neves vs Penedo Gordo (2)
16h - Vencido 1 vs Vencido 2
17h - Vencedor 1 vs Vencedor 2

Grupo 3 (Mombeja)
Mombeja
Quintos
Trindade

14h30 - Mombeja vs Quintos
15h30 - Mombeja vs Trindade
16h30 - Quintos vs Trindade

Esta 1º Fase do torneio terá lugar no dia 6 de Outubro com a 2º Fase a ser disputada no dia 13 de Outubro em locais a designar.
De referir que os jogos terão a duração de 40 minutos (20+20 com troca de campo).
Disputam os três primeiros lugares, os vencedores dos três grupos. Quanto ao 4º, 5º e 6º lugares da segunda fase, estes irão ser disputados pelos 2ºs classificados. Os outros clubes irão disputar os restantes lugares da classificação final do torneio.


Bom sorteio para o UDCB? Quais as expectativas?