sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo


O UDCB deseja a todos os jogadores, sócios e simpatizantes do clube, um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de coisas boas!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Resumo dos Jogos (17.12.2011)

No passado Sábado as nossas 3 equipas entraram em campo para disputarem os últimos jogos do ano nos respectivos campeonatos.

Benjamins
Beringelense 8 vs 0 Figueirense

A equipa de Benjamins conquistou a sua primeira vitória no campeonato e logo com um a goleada frente à equipa do Figueirense. O jogador Henrique Montinhos esteve em destaque apontando 5 golos numa manhã de alegria para estes pequenos jogadores.


Infantis
Vidigueira 23 vs 0 Beringelense

Foi um jogo difícil para os nossos Infantis que sofreram uma pesada derrota na Vidigueira por números expressivos. A nossa equipa defrontou uma forte equipa que  aproveitando o facto de jogar num piso a que a nossa não está habituada garantiu mais 3 pontos. É agora tempo desta nossa equipa recuperar deste último jogo menos conseguido e entrar com uma vitória no próximo ano.


Séniores
Beringelense 3 vs 1 Figueirense

Em jogo a contar para a 7ª jornada do campeonato, a nossa equipa recebeu e venceu a equipa da Figueira que se encontrava em 3º lugar com menos 3 pontos. Estávamos empenhados em conquistar os 3 pontos de forma a não deixar fugir o Santa Vitória e por isso o nosso único pensamento era a vitória.

Equipa Inicial:
- Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto, Pedro dos Reis, André Ramos (c), Miguel Ramos, Diogo Ferro, Diogo Pimentinha, Sérgio Seixas e Artur Mira.

Suplentes:
- Pedro Veiga, Rui Militão, José Miguel, Mário Neves, Vítor Galvão e Afonso Santos.

1ªParte

Tal como tem acontecido na maioria dos jogos esta época a equipa entrou bem no jogo e começou desde cedo a jogar no meio campo adversário. Criámos algumas boas oportunidades para inaugurar o marcador mas sem conseguir concretizar essas oportunidades. Perto do 15' minuto e na primeira jogada de ataque do Figueirense, após uma perda de bola no meio campo, o médio José Torrado (que já passou por o Beringelense) consegue fazer um bom passe para as costas da nossa defesa onde surge o extremo esquerdo  adversário e faz o remate para golo (0-1). Foi um golo que surgiu numa altura em que a nossa equipa não estava a espera. Apesar das circunstancias do golo, conseguimos manter a cabeça fria e ir desde logo procurar o empate. Tivemos mais 2 ou 3 situações de golo mas o experiente guarda-redes adversário estava em tarde inspirada e com um par de boas defesas segurou a vantagem até perto do intervalo. A 5 minutos do final da primeira parte e após um livre bem executado para a área por o Cláudio eu apareço na linha da pequena área e consigo encostar com o joelho a bola para dentro da baliza (1-1). Foi um golo que a equipa merecia pela sua atitude em campo e pela quantidade de oportunidades criadas na primeira parte.

Intevalo: 1-1


2ª Parte


Durante o intervalo o treinador Tiago Borges que havia procedido à alteração do Rui Militão pelo Pedro Reis que se havia lesionado, resolveu fazer entrar o Vítor Galvão para o lugar do Diogo Pimentinha.  O jogo recomeçou com o jogo a situar-se mais na zona de meio campo. A equipa procurava agora alcançar o golo da vantagem e viu o seu esforço recompensado num lance, a meu ver irregular, em que após um cruzamento para a área o guarda-redes sai mal, o Artur após contacto com o guarda-redes acaba por receber a bola com a mão e remata para golo (2-1). O árbitro nada assinalou nessa jogada e o guarda-redes após muito protestar acaba por ser substituído pelo seu treinador de forma a evitar a expulsão. Foi um lance importante do jogo e que nos colocou em vantagem. O Figueirense reagiu e viu a sua melhor oportunidade para marcar negada pelo guarda-redes Rúben que conseguiu uma defesa "monstra" após a marcação de um livre ao canto direito da sua baliza. A partir desse lance notou-se um maior equilíbrio na partida que acabou por ser quebrado numa boa jogada de ataque em que o Miguel Ramos consegue aparecer na cara do guarda-redes adversário e este apesar de conseguir a defesa a bola acaba por sobrar para o Artur que no sitio certo coloca a bola no fundo da baliza, alcançando assim o "bis" na partida. Minutos depois o árbitro apitava para o final da partida.

Resultado final : 3-1


O resultado final parece-me justo, num jogo em que conseguimos criar várias oportunidades de golo e a equipa lutou durante os 80 minutos. Foi mais uma vitória importante que conjugada com a derrota do Santa Vitória em São Matias nos colocou a 1 ponto do primeiro lugar. Depois do jogo a equipa esteve ainda melhor (a meu ver) e colocou no jantar de Natal o mesmo empenho e ainda mais união numa tarde/noite que se revelou animada mas ao mesmo tempo dura para alguns de nós.

Resta-me desejar um Feliz Natal e um Bom Ano de 2012 a todos os jogadores, sócios, simpatizantes e leitores.

* OHHHHH OHHHH OHHHHH OHHHHH E O BERINGEL É O NOSSO GRANDE AMOR! *

André Ramos

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Classificação Geral à 6º Jornada


Senhores (as) da Inatel, sei que podem ter muitos assuntos para tratar e que o tempo pode ser curto, mas a classificação que enviam para os clubes é algo vergonhosa: erros atrás de erros. A classificação postada em cima, agora sim, penso eu, está correcta e não deu nenhuma dor de cabeça e não levou mais de 10/15 minutos a fazer. Serviu de base, o documento em Excel que enviaram juntamente com os critérios de desempate presentes nas Normas Específicas do Futebol.
Mostrem algum bom senso e responsabilidade para com os clubes e estes irão mostrar o seu agrado por fazer parte desta competição. 

P.S. O jogo entre o Santa-Clara-a-Nova e Almodovarense não foi colocado pois não sei qual foi o resultado final. 

Resumos do jogos (12-10.2011)

Este fim de semana desportivo, três equipas do Beringelense disputaram os seguintes jogos:

- Benjamins: Vasco da Gama vs Beringelense
- Infantis: Beringelense vs Despertar A
- Séniores: Mombeja vs Beringelense


Benjamins 
Vasco da Gama 3 - 1 Beringelense 

Os mais pequenos deslocaram-se à Vidigueira para disputar a 8ª jornada do campeonato. A equipa ainda procura os primeiros pontos, numa idade em que o mais importante é perceber os conceitos de jogo e o espírito de equipa. A jogar em sintético, um terreno diferente do habitual para a equipa, ainda não foi desta que a equipa conseguiu pontuar.

Infantis
Beringelense 1 - 9 Despertar A

A equipa de Infantis do Beringelense recebeu na 12ª jornada a equipa que é líder do campeonato, o Despertar A. Um jogo difícil para a nossa equipa uma vez que a equipa adversária se encontrava com 8 jogos disputados e em todos eles tinha saído vencedora. A nossa equipa lutou bastante mas acabou por consentir uma derrota por números expressivos, ainda assim consegui o tento de honra da autoria de Pedro.

Séniores
Mombeja 1 - 2 Beringelense

Este Sábado a nossa equipa deslocou-se a Mombeja para mais um jogo quente contra o vizinho Mombeja que vem realizando um bom campeonato. Após a derrota a semana passada frente ao Santa Vitória o nosso pensamento estava em voltar às vitórias o mais rápido possível de forma a não perdermos o comboio da frente.
O jogo contou com os regressos à competição após castigo do Artur Mira, Sérgio Seixas e Rúben Carapeto. Uma estreia na ficha de jogo do campeonato, apesar de não ter sido ainda utilizado, foi o Afonso Santos que após uma longa paragem contraída no jogo Louredense vs Beringelense a contar para o torneio Município de Beja está agora à disposição do treinado Tiago Borges.

Equipa inicial:
- Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto, Pedro Reis, André Ramos (c), Diogo Ferro, Miguel Ramos, Rui Militão, Sérgio Seixas e Artur Mira.

Suplentes:
- Osvaldo Faias, José Miguel, Afonso Santos, Mário Neves, Marco Dias e Pedro Veiga.

1ª Parte
Entrámos bem na partida e conseguimos desde cedo jogar no meio campo adversário sendo que a equipa visitada tentava sair através de bolas longas da sua defesa. Durante toda a primeira parte foram criadas várias oportunidades de golo para a nossa equipa, apenas o guarda-redes adversário aliado à ineficácia dos nossos homens da frente fizeram com que não chegássemos ao intervalo com um resultado confortável. Em dois dos lances na área do Mombeja pediu-se grande penalidade a nosso favor sendo que apenas no primeiro lance tenho a certeza de ficar por marcar o penalty após um jogador do Mombeja cortar a bola com o braço. O árbitro acabaria por nada assinalar em ambas as ocasiões. Já perto do final da primeira parte após um alivio da defesa a bola chega aos pés do Cláudio que com um bom centro coloca a bola na cabeça do Edgar que livre de marcação inaugura o marcador (0-1). Passados alguns minutos o árbitro apitava para o final da primeira parte que na minha opinião teve sentido único.

Intervalo: 0-1

2ª Parte

Na segunda parte o jogo mudou, o Mombeja entrou melhor e decidido a chegar ao empate. A nossa equipa começou então a perder o controlo do jogo e a equipa adversária aproximava-se da nossa baliza. No entanto num lance de ataque em que Artur Mira consegue entrar na área, acaba por cair após uma disputa de bola com o defesa do Mombeja e o árbitro desta vez assinala penalty. Foi um lance que deixa muito mais dúvidas que o penalty e que na minha opinião é mal marcado. O mesmo Artur Mira assume a responsabilidade de marcar a grande penalidade mas com azar vê a bola embater no poste esquerdo da baliza e sair para a linha final. Este foi um momento importante do jogo uma vez que podíamos ter chegado ao 0-2 e com isso ganhar ainda mais animo para a segunda parte. Tal não se verificou e o penalty acabou por ter o sentido inverso, ou seja motivou a equipa do Mombeja que passou a acreditar ainda mais no empate. Perto do minuto 20' da segunda parte e após um passe longo o nosso guarda-redes acaba por não conseguir segurar a bola que se encontrava molhada e após alguma confusão na área acaba por sobrar para um jogador adversário que se limita a empurrar a bola para dentro da baliza e estava feito o empate (1-1) apesar dos protestos dos nossos jogadores por uma suposta falta sobre o Rúben. A nossa equipa sentiu um "déjà vu" com a memória do jogo de São Matias em mente. Acabámos por não ceder e ir à procura da vitória num jogo que se encontrava agora partido a meio campo. Tivemos mais algumas oportunidades mas o Artur que se encontrava a fazer um bom jogo não teve a sorte necessária para conseguir superar o guarda-redes José Alexandre que fez uma boa exibição. Numa jogada de insistência eu entro dentro da área e acabo por cair junto à pequena área num lance em que sou derrubado por um defesa do Mombeja mas não consegui perceber se o mesmo consegue cortar a bola ou não, em mais um lance duvidoso na área da equipa adversária. Já perto do final acontece o momento do jogo num grande remate do recém entrado Pedro Veiga que dispara um remate forte de fora da área desta vez sem hipóteses para o guarda-redes (1-2).  O resultado manteve-se inalterado até ao final a conseguimos assim uma suada mas merecida vitória.

Resultado final:: 1-2


Foi um jogo que conseguimos uma boa exibição, sobretudo na primeira parte, onde podíamos ter marcado mais golos e alcançado uma vitória mais folgada. Tivemos no entanto algum azar (2 bolas ao poste) e também alguma falta de discernimento no momento do remate. Quero também aproveitar para deixar aqui algumas palavras à equipa e aos adeptos:

- Ao Pedro Veiga quero deixar os parabéns pelo golo que conseguiu e pela sua vontade de fazer parte deste grupo apesar de um inicio de época que não lhe correu da melhor forma com uma paragem por castigo de 3 jogos. 

- Ao Artur Mira por ter sido uma peça fundamental lá na frente pela quantidade de bolas que ganhou aos centrais e por conseguir empurrar a equipa para frente. Vais ver que as balizas no próximo fim de semana fazem as pazes contigo!

- À equipa em geral incluindo treinador, presidente e delegado um obrigado por terem sempre acreditado no nosso valor.

- Aos adeptos por terem acompanhado a equipa e incentivado até ao final os nossos jogadores.


Companheiros, a "luta" continua!



André Ramos



terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Resumo dos jogos (03-12-11)

Fim de semana negro para o clube, é assim que se resumo os 3 jogos do último fim de semana. As 3 equipas jogaram em casa e nenhuma delas conseguiu somar nenhum ponto. Os Infantis jogaram o primeiro encontro do dia e perderam 5-1 contra a equipa do Núcleo Sportinguista de Beja apesar do encontro só se decidir a meio da segunda parte. No jogo seguinte foi a vez dos Benjamins perderem contra a equipa do S.C de Cuba por 4-1, equipa essa que lidera o campeonato. E por fim, por volta das 15h os Séniores foram derrotados por 2-1 contra a equipa de Santa Vitória.


Resumo do jogo dos Séniores
Beringelense vs Santa Vitória

A equipa apresentou-se para este jogo com algumas ausências, fruto das 3 expulsões sofridas no jogo passado. Sem contar com o Rúben, o Artur, o Sérgio e o Ivo Viriato a equipa defrontava o líder do grupo Santa Vitória. 

Equipa inicial:
- Osvaldo Faias, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto, Rui Militão, André Ramos (c), Diogo Ferro, Miguel Ramos, Pedro Veiga, Vítor Galvão e Diogo Pimentinha.

Suplentes:
- José Miguel, Pedro dos Reis, Marco Dias, Mário Neves e Miguel Damásio.


1ª Parte

A primeira parte começou com as duas equipas a demonstrarem que estavam ambas com vontade de chegar aos golos. Apesar de estarmos a conseguir passar mais tempo no meio-campo do Santa Vitória foi a equipa visitante a primeira a chegar com perigo à nossa baliza.  Esse perigo chegou através de um remate à entrada da área que levava selo de golo não fosse a excelente intervenção do Osvaldo que conseguiu em voo efectuar o desvio e fazer a bola passar por cima da trave. A nossa equipa continuou a atacar e antes do intervalo dispôs de duas oportunidades de golo. A primeira foi através de um bom remate do Vítor que obrigou o guarda-redes adversário a efectuar também ele uma boa defesa. A segunda oportunidade surgiu já perto do intervalo através de um lance de bola parada em que o Pedro Veiga surge a cabecear a bola já perto da pequena área mas o guarda-redes do Santa Vitória com mais uma boa defesa conseguiu tirar a bola que se encontrava já  com a trajectória de golo.

Intervalo (0-0)

2ª Parte

A segunda parte teve um inicio semelhante à primeira, muita entrega das equipas e um jogo interessante de seguir. As defesas estavam nesta segunda parte mais fortes e nenhuma das equipas conseguia criar situações de golo. Perto do 25' min da segunda parte acontece um dos momentos do jogo quando o Rui, que estava a efectuar um bom jogo, tem uma infelicidade e tropeça na bola deixando-a à mercê do médio do Santa Vitória junto à linha de meio-campo, este consegue um bom passe que cruza a nossa defesa e isola o Xia que é rápido a chegar à bola e só com o guarda-redes pela  frente consegue o chapéu (0-1).   Foi um balde de água fria para a nossa equipa que estava relativamente bem no jogo  e até ao golo era a equipa com mais situações de perigo criadas. Após o golo o treinador alterou o esquema táctico numa tentativa de chegar ao empate o mais cedo possível. Com a equipa balanceada para o ataque o Santa Vitória com mais um passe para as costas da nossa defesa aproveita mais uma vez a velocidade do Xia e este consegue desviar a bola para o segundo golo (0-2). Foi um duro golpe para a nossa equipa que se encontrava a fazer um esforço para igualar a partida. Até ao final a nossa equipa mais com o coração do que com a cabeça lutou por o golo de honra que iria chegar após a marcação de uma grande penalidade a nosso favor. O Pedro Veiga encarregou-se de colocar o resultado final em 1-2 com a marcação do penalty. Passados poucos momentos o árbitro Manuel Costa apitou para o final do jogo.

Resultado final : 1-2



Resta-me dizer que durante a segunda parte a equipa de Santa Vitória reclamou uma grande penalidade penso que com razão após um contacto na área com o avançado do Santa Vitória quando o resultado estava em 0-1. Já nos períodos de compensação o capitão do Santa Vitória é expulso e bem numa decisão que a meu ver só peca por tardia.
Em suma, foi um bom jogo de futebol que apesar de nem sempre ser bem jogado foi intenso e com grande entrega dos jogadores das duas equipas. Adivinhava-se que a vitória sorri-se à equipa que marcasse primeiro e assim aconteceu.

No outro jogo em atraso o Faro do Alentejo perdeu no campo do Penedo e com isso mantivemos o segundo lugar em igualdade pontual com a equipa de Faro.

No próximo fim de semana vamos a Mombeja, vai ser um jogo difícil mas com os regressos dos jogadores castigados e com a união da equipa iremos lutar pela vitória.


André Ramos 


domingo, 27 de novembro de 2011

Resumo dos Jogos (26-11-2011)

No único jogo disputado pelo nosso clube este fim de semana, a nossa equipa de Benjamins deslocou-se até Ferreira do Alentejo para defrontar a equipa da casa.
O resultado deste jogo foi:
SC Ferreirense 9 - 1 UDCB

O único golo da nossa equipa foi apontado pelo jogador Zé Pedro.

O jogo relativo à equipa de Seniores não foi realizado, tendo sido adiado para o próximo fim de semana, dia 03 de Dezembro. Será um fim de semana para acertar calendário, visto que houve ainda outros jogos que não se realizaram.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Cartaz - 26 Novembro


Segundo informações chegadas ao nosso e-mail, o jogo relativo à 5º jornada da Taça Fundação Inatel foi adiado para o próximo dia 03 de Dezembro. 
Desconhecemos, para já, as razões que levaram ao adiamento deste jogo.

domingo, 20 de novembro de 2011

Resumo dos Jogos (19-11-2011)

Neste fim de semana desportivo, as duas equipas do UDCB em acção deslocaram-se ao Concelho de Cuba para disputar os seus. Os Infantis defrontaram o SC Cuba e a Equipa Sénior defrontou o Faro do Alentejo.

Infantis
SC Cuba 6 - 2 UDCB

Os golos dos pupilos de Francisco Rosa foram apontados por Tiago e Guilherme.

Seniores
Faro do Alentejo 0 - 0 UDCB

No Jogo da Jornada, da Série C do Campeonato da Inatel, a equipa empatou no terreno do Faro do Alentejo a zero bolas. Este jogo que tinha tudo para ser extremamente competitivo acabou com 3 expulsões para a nossa equipa e 2 expulsões para a equipa anfitriã.

Equipa Titular:

Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto (c), Rui Militão, Diogo Ferro, Pedro Reis, Artur Mira, Miguel Ramos, Ivo Viriato e Diogo Pimentinha

Suplentes:

Osvaldo Faias, José Raposo, Mário Neves e Sérgio Reis

Antes do inicio do jogo e na habitual "palestra" da equipa de arbitragem no alinhamento das equipas, o Sr. Árbitro, um homem com larga experiência, transmitiu às duas equipas a ideia de que gostaria de passar por Faro do Alentejo despercebido.

A primeira parte teve maior ascendente da equipa da casa pois a nossa equipa raramente conseguiu sair com perigo. Houve apenas dois ou três lances em que os nossos jogadores poderiam ter dado melhor seguimento às jogadas. O Faro do Alentejo, neste período, ainda enviou uma bola à barra.

Na segunda parte e quando nada o previa pois o jogo parecia mais equilibrado, num lance de ataque do Faro do Alentejo, o avançado aparece isolado frente ao Rúben que após saída da baliza toca a bola com a mão/braço, já fora da área. O árbitro de frente para a jogada não sabe o que marcar e olhando para o fiscal de linha que possuía um sem número de assistentes sentados na bancada decide marcar falta à entrada da área e consequente expulsão. A expulsão é correcta pois a bola vai em direcção à baliza e o Guarda-Redes impede com o braço, fora da área. Resta-me duvidar sobre o posicionamento do avançado que me pareceu estar em fora-de-jogo.
A partir deste momento os nervos subiram à flor da pele, quer de jogadores quer da equipa de arbitragem.
Poucos minutos depois o árbitro dá nova ordem de expulsão ao central do Faro do Alentejo (Nº 3) por acumulação, por uma falta que foi um companheiro que fez.
De seguida foi a vez do Artur Mira ser expulso por protestar com o assistente que levantou demasiadas vezes a bandeirola assinalando foras-de-jogo incríveis.
O jogador Luís Viana, Nº 7 do Faro do Alentejo também foi expulso após uma entrada sobre o Diogo Ferro.
Finalmente, o jogador Sérgio Reis teve também ordem de expulsão por acumulação quando não tocou no jogador do Faro do Alentejo.

Relativamente a futebol jogado, e com tantas expulsões o jogo partiu-se e nesta altura qualquer equipa poderia ter marcado.
Homem do Jogo (escolhido pela equipa adversária): Diogo Ferro

Diz-se que os jogadores é que complicam os jogos e que não sabem estar. Diz-se que arbitrar não é fácil pois são muitas condicionantes.
Pois sinceramente, neste jogo os jogadores foram exemplares e os árbitros se passaram despercebidos na primeira parte, não o conseguiram fazer na segunda parte. Complicaram em demasia.
No pós-jogo, já diziam uns jogadores do Faro do Alentejo: "Quem for ver o relatório do jogo, fica a pensar que foi uma batalha campal!" - Um jogo com 5 expulsões e onde não houve uma única entrada realmente dura. Dá que pensar!

Relativamente à nossa equipa, este jogo vale pelo ponto conquistado na casa de uma boa equipa. Veremos agora no próximo jogo como conseguiremos marcar presença com tantas condicionantes: lesões, castigos e motivos pessoais.


Mário Neves regressa ao UDCB

Depois de no final da temporada transacta ter afirmado que aquela seria a sua última como jogador, eis que após alguns dias em conversações, o clube conseguiu convence-lo a regressar a uma casa que ele bem conhece.
É mais um jogador para ajudar o grupo, visto que o clube nestes últimos jogos não tem podido contar com alguns jogadores bastante influentes: uns por lesão, outros por indisponibilidade e ainda por motivos disciplinares.
Boa sorte Mário!




segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Resumo dos jogos (12-11-2011)

No passado fim de semana entraram em campo duas das equipas do nosso clube. Os Benjamins defrontaram em Beringel a equipa da Casa do Benfica e os Séniores receberam o Jungeiros. Quanto à equipa dos Infantis, descansaram esta jornada.

Benjamins
UDCB 1 - 2 CDB

Ainda não foi este fim de semana que a equipa dos Benjamins conseguiu os primeiros pontos no campeonato. A equipa acabou por marcar um golo que não foi suficiente para bater a Casa do Benfica. O golo foi marcado por Zé Pedro, o avançado da equipa. Para a semana é a vez da equipa descansar e de certo que vão aproveitar para regressarem mais fortes.

Séniores
UDCB 1 - 0 Jungeiros

Foi com o esforço extra de alguns jogadores que conseguimos preencher a ficha de jogo com 4 jogadores no banco de suplentes. A equipa não pôde contar com o Ricardo Borges, que se encontra a recuperar de uma lesão complicada e que irá estar fora da equipa durante mais uns fins de semana. O treinador Tiago Borges, que se encontra castigado viu o jogo da bancada tal como Pedro Veiga. Eu também não pude dar o contributo dentro de campo devido a uma lesão. O Afonso Santos também continua a recuperar de lesão desde o torneio da Câmara de Beja. Pedro dos Reis e Osvaldo Faias também não conseguiram marcar presença no jogo. Por outro lado ao contrário do que era esperado contámos com o Cláudio Ramos, o Vítor Galvão, Marco Dias e o Rui Militão que com esforço conseguiram comparecer.

Equipa titular:

- Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto (c), Rui Militão, Diogo Ferro, Miguel Ramos, Sérgio Seixas, Diogo Pimentinha, Vítor Galvão e Artur Mira.

Suplentes:

- Ivo Viriato, Marco Dias, Miguel Damásio e José Miguel.


1ª Parte

Durante o inicio da primeira parte, o jogo passou-se muito a meio-campo. A nossa equipa tentou chegar à área adversária sobretudo pelas laterais mas sem grande efeito. A equipa do Jungeiros, com bons jogadores também tentava chegar à frente mas as defesas fortes numa primeira parte onde jogámos contra o vento. Registo para um lance em que Artur Mira consegue interceptar um passe do central adversário e quando ia partir para a baliza é agarrado pelo mesmo central e o mesmo leva amarelo num lance bem ajuizado, já que o Artur ainda se encontrava longe da baliza.
O intervalo chegou sem que os guarda-redes tivessem grande trabalho.

Intervalo (0-0)

2ª Parte

A equipa reentrou na partida determinada em chegar ao golo e conseguiu jogar mais no meio campo adversário. A nossa equipa consegue conquistar alguns cantos e leva o perigo à baliza adversária. Perto do minuto 20 da segunda parte e após a marcação de um canto a bola é colocada na área e o Cláudio Ramos antecipa-se aos defesa e com um remate à meia-volta consegue fazer o golo (1-0). Era o golo pelo qual a equipa estava a lutar e a partir daí sentiu que a vitória estava perto. Com um meio campo forte, com destaque para Diogo Ferro e Miguel Ramos conseguimos segurar a vantagem até final. Tivemos ainda uma oportunidade de ampliar a vantagem após uma boa desmarcação de Miguel Ramos que coloca Ivo Viriato frente ao guarda-redes no entanto este consegue a defesa. Esgotámos as substituições e acabámos o jogo com sacrifício físico por parte de alguns jogadores e com muito coração. Foi uma vitória suada pois a equipa do Jungeiros sabe o que faz em campo e possuí jogadores experientes e com qualidade.

Resultado Final (1-0)


Foi um jogo bem disputado entre duas equipas que procuram a vitória. Não foi dos nossos melhores jogos em termos de futebol jogado mas o objectivo principal foi conseguido e por isso estamos todos de parabéns. Com a vitória passámos para o topo da tabela classificativa a par do Faro do Alentejo que foi empatar em Mombeja. Para a semana vamos a Faro disputar um jogo difícil mas com grande confiança em conseguir um bom resultado.


Homem do jogo: Miguel Ramos. (opinião pessoal)


André Ramos

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Resumo da 2ª Jornada e das camadas jovens

No passado Sábado as equipas do Beringelense visitaram as localidades de Alvito, Beja e São Matias de forma a tentarem alcançar 3 vitórias para o nosso clube.

Benjamins
Alvito 5 - 3 Beringelense

A nossa equipa entrou bastante mal no jogo sendo que ao intervalo estava a sofrer uma pesada derrota de 4-0. Na segunda parte através da sua determinação e orgulho a equipa conseguiu reduzir o marcador para 5-3. Os golos foram marcados por Zé Pedro e Henrique Moutinhos (2).


Infantis
Operário 0 - 6 Beringelense

Em jogo a contar para a 7ª Jornada os Infantis do U.D.C.B golearam a equipa do Operário com o resultado de 6-0. Esta foi a segunda vitória da equipa no campeonato somando agora 6 pontos.
Os golos foram marcados por Tiago, João Tomás,Leo (2), Bernardo e Pedro.


Séniores
São Matias 1 - 1 Beringelense

Visitámos a equipa de São Matias que tinha entrado a perder no campeonato na casa do Mombeja. Sabíamos que ia ser um jogo difícil pois por norma é uma equipa que se bate muito bem na sua casa.

Equipa Inicial:
-Osvaldo Faias, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto, Rui Militão, André Ramos (c), Diogo Ferro, Sérgio Seixas, Miguel Ramos, Diogo Pimentinha e Artur Mira.

Suplentes:
- Rúben Carapeto, José Miguel, Ivo Viriato e Miguel Damásio.

1ª Parte

A equipa entrou bem e conseguiu controlar a posse bola desde cedo. Durante toda a primeira parte conseguimos produzir um futebol muito positivo e chegar com perigo por diversas vezes à baliza adversária. Após uma jogada de entendimento e um cruzamento para a área, Artur Mira aparece nas costas do defesa e consegue o remate para golo (0-1). Até ao final da primeira parte , Artur Mira dispõe ainda de mais uma oportunidade de golo mas na cara do guarda-redes adversário não consegue levar a melhor. Miguel Ramos também dispôs de uma boa oportunidade onde após um livre aparece bem ao segundo poste mas acaba por não conseguir facturar. O São Matias dispôs também de um livre onde Carraça remata colocado, numa imitação perfeita dos livres de David Beckam, no entanto Osvaldo Faias com a defesa da tarde desvia a bola para canto.

O resultado chegou ao intervalo com 0-1 no marcador.

2ª Parte

O São Matias decidido a alterar o rumo do jogo entrou para a segunda parte com 2 alterações no onze. A nossa equipa foi conseguindo resolver os problemas na defesa sem grande dificuldade, excepção feita para um lance polémico onde um jogador do São Matias reclama penalty após um carrinho do Sérgio junto à linha final. O árbitro não atendeu ao pedido dos jogadores de São Matias e o jogo continuou. Passado alguns minutos, surge o lance da partida, o central da equipa da casa protesta uma decisão do árbitro e acaba por pontapear o homem do apito. É bem expulso, mas a partir desse momento o campo começa a inclinar e são marcadas faltas e lançamentos com sentido único. O São Matias numa boa jogada consegue colocar a bola nas costas da nossa defesa e Lixa isolado, na única oportunidade que teve, não perdoa e faz o 1-1. Um erro da nossa equipa que foi pouca ágil a perceber a jogada e não consegue afastar o perigo. Foi um balde de agua fria para a nossa equipa que acabou por tentar reagir levando de novo perigo à baliza adversária. Em uma dessas jogadas Miguel Damásio consegue o golo que acaba anulado pelo árbitro da partida por pertenço fora-de-jogo, isto quando o fiscal de linha já se encontrava a correr para o meio-campo (BOA!). Um lance caricato que encerrou um jogo em que pelo futebol praticado por ambas as equipas mereciam um árbitro mais sério.

Resultado Final 1-1



Foi um resultado com sabor a derrota para a nossa equipa pois sentimos que podíamos ter resolvido o jogo na primeira parte. Por outro lado fiquei bastante satisfeito com a atitude da equipa bem como o futebol praticado. No próximo Sábado recebemos o Jungeiros e de certeza que a equipa irá estar concentrada em lutar pelos 3 pontos.


André Ramos

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Resumo do fim de semana desportivo!

No passado Sábado o campo dos Unidos em Beringel, foi palco de 3 jogos de futebol.

Infantis

A primeira equipa a entrar em campo foi a equipa dos Infantis do União Desportiva e Cultural Beringelense. A contar para a 6ª Jornada do campeonato a nossa equipa defrontou a equipa do Bairro da Conceição na esperança de alcançar os primeiros pontos do campeonato.
Assim foi, a vitória sorriu aos visitantes com o resultado final de 2-1. Os golos dos nossos pequenos foram marcados por Bernardo Aguiã e Tiago.

Benjamins

Pior sorte tiveram os mais pequenos que defrontaram a equipa do Despertar. A equipa entrou bem e teve a oportunidade de se colocar na frente após a o árbitro assinalar uma grande penalidade. O guarda-redes do Despertar acabou por levar a melhor ao defender o remate do nosso jogador. O Despertar acaba por chegar ao golo e coloca-se em vantagem. Até ao final do encontro a nossa equipa dispôs de mais uma grande penalidade mas a bola acaba por ir à trave e até ao final o marcador não sofreu alteração. Foi um jogo em que apesar de uma boa exibição a sorte não sorriu aos nossos jogadores.

Séniores


Pelas 3 horas era a vez da equipa Sénior entrar em campo para disputar a primeira jornada do Campeonato Inatel frente à equipa do Penedo Gordo.
A equipa estava motivada e com vontade de conquistar já a primeira vitória.

11 Inicial:
- Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto, Rui Militão, Ricardo Borges, André Ramos (c), Sérgio Seixas, Vítor Galvão, Miguel Ramos e Artur Mira.

Suplentes:
- Osvaldo Faias, Diogo Pimentinha, Pedro Veiga, Ivo Viriato, José Miguel, Diogo Ferro e Pedro Reis.


1ª Parte

Com o apoio dos nossos adeptos que se deslocaram em bom número para apoiar a equipa, entrámos confiantes e determinados a conseguir um bom resultado. Após os primeiros minutos, onde a nossa equipa conseguiu algumas jogadas de ataque, é marcada uma falta junto à linha de meio campo e o Cláudio Ramos com uma bola longa coloca a bola na baliza e o inesperado acontece com a bola a entrar directamente na baliza (1-0). O guarda-redes calculou mal a trajectória da bola e talvez com a acção do sol que estava de frente para o mesmo acaba por deixar a bola entrar na sua baliza. O Penedo Gordo tentou responder mas sem conseguir criar verdadeiro perigo para a nossa baliza. Minutos depois após um livre marcado rapidamente, com Artur a chutar na tentativa de surpreender o guarda-redes adversário onde acaba por ser bem sucedido e a bola entra pela segunda vez na baliza do Penedo Gordo (2-0). Mais uma vez o guarda-redes fica mal na fotografia, desta vez surpreso com o remate do Artur. Após se ressentir de uma lesão o Ricardo pede a substituição e entrou o Diogo para o seu lugar. Até ao final acontece um lance polémico na área do Beringel após uma desatenção da defesa e do guarda-redes, onde após uma bola lançada para as costas da defesa o Rúben chega atrasado à bola e impede a acção do avançado do Penedo com um puxão nas costas. O árbitro acaba por marcar uma falta a nosso favor através da indicação do fiscal-de-linha. Fico com a sensação de grande penalidade mas fiquei com a sensação do árbitro ter marcado uma falta anterior ao puxão.

Intervalo (2-0)

2ª Parte

Na entrada para a segunda parte, o treinador Tiago Borges troca o Miguel Ramos por Pedro Reis e fez uns ajustamentos nas posições dos jogadores. A nossa equipa entrou um pouco descontraída na segunda parte e o Penedo Gordo determinado em dar a volta ao resultado. A nossa equipa baixou no terreno e começou a defender durante mais tempo sem conseguir criar jogadas de ataque como tinha conseguido na primeira parte. A equipa adversária consegue chegar ao golo a meio da segunda parte. Um passe feito para as costas da nossa defesa, acaba por levantar a confusão entre o Rúben e a defesa, o avançado adversário aproveita e coloca o resultado em 2-1. A equipa fica nervosa e começa a recuar ainda mais tentando sair em contra-ataque. Pedro Veiga após estar alguns minutos em campo é expulso com vermelho directo após uma suposta cotovelada num adversário e a equipa fica reduzida a 10 (não discordo do vermelho pois caso não tenha atingido o jogador acaba por fazer o movimento e isso chega para a expulsão). A equipa até ao final uniu-se em torno da vitória e defendeu com todas as suas forças não permitindo que o Penedo Gordo consegui-se chegar perto do golo.

Resultado final : 2-1

Foi uma boa primeira parte em que a equipa demonstrou que tem capacidade para fazer um bom campeonato, por outro lado a segunda parte foi menos conseguida também por culpa do Penedo Gordo que foi uma equipa que não baixou os braços e lutou até ao final.
Um obrigado aos adeptos que se deslocaram para apoiar a equipa. Nota final para o árbitro, o nosso conhecido Mário Santa Bárbara que continua igual a si próprio.


André Ramos


segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Resumo do 3º Jogo de Preparação

Com o intuito de preparar o inicio do campeonato que irá ter lugar no próximo fim-de-semana, a nossa equipa deslocou-se à Trindade para mais um jogo de preparação.

Sem contar com Diogo Pimentinha, Afonso Santos (lesionado),Ricardo Borges (lesionado), Marco Dias, Miguel Damásio e Osvaldo Faias a nossa equipa apresentou-se com algumas novidades no 11 inicial.

Equipa titular:
-Rubén Carapeto, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Pedro Veiga, Rui Militão, André Ramos (c), José Miguel, Artur Mira, Miguel Ramos, Sérgio Seixas e Ivo Viriato.

Suplentes:
- Pedro Reis, Edgar Carapeto, Diogo Ferro e Vítor Galvão.

1ª Parte

No inicio do jogo a equipa local começou por tentar colocar em campo o seu futebol, com uma maior posse de bola. A nossa equipa estava atenta e conseguiu cortar os caminhos para a nossa baliza bem como sair algumas vezes para o ataque. Com o decorrer do tempo a Trindade foi conseguindo obter um maior controlo do jogo e criar algumas jogadas junto da nossa área. Essas oportunidades foram no entanto desfeitas pela nossa defesa e guarda-redes que estiveram bastante atentos durante o jogo.

O intervalo chegou com o resultado em 0-0.

2ª Parte

No inicio da segunda parte a equipa adversária colocou dois homens na frente e conseguiu surpreender a nossa defesa. Após um lançamento lateral marcado rapidamente na zona do meio-campo um jogador adversário recebe a bola e coloca-a nas costas da nossa defesa, sem que eu e o Pedro Veiga conseguisse-mos o corte. O experiente avançado Carlos Agatão consegue receber a bola e a posição privilegiada desvia para golo (1-0).
Após o golo e com algumas trocas na equipa, entradas de Pedro Reis, Vítor Galvão e Diogo Ferro a nossa equipa conseguiu novamente sair para o ataque e começou a rondar a baliza adversária. Até ao final a Trindade dispôs de algumas oportunidades para chegar ao 2-0 mas o Rúben esteve em tarde inspirada e defendeu tudo o que havia para defender. Quanto a nós conseguimos colocar mais gente no ataque e também dispusemos de algumas oportunidades para empatar mas infelizmente tanto o último passe como o remate não estavam a sair bem.
O jogo chegou ao final com o resultado de 1-0.


Foi mais um treino da nossa equipa, contra uma equipa com qualidade que pratica um bom futebol . Considero que foi um bom treino para a nossa equipa, que apesar do resultado nunca baixou os braços e tentou sempre chegar à baliza adversária. O jogo foi também uma oportunidade para dar alguns minutos a jogadores como o Ivo Viriato, José Miguel e Pedro Reis que por diferentes motivos têm menos minutos de jogo. Todos estes jogadores mostraram o porquê de fazerem parte do plantel e mostraram qualidade.

No próximo Sábado começamos o campeonato com um jogo em casa e sinto que a equipa está bem preparada e muito unida. Independente do 11 que começar o jogo sei que vai existir qualidade e soluções no banco e isso é algo que me deixa muito confiante para um bom campeonato.


André Ramos

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Jogo de Preparação


Este será o último jogo de "pré-época", pois no próximo dia 29 de Outubro irá começar oficialmente o Campeonato da Inatel 2011/2012.

Sorteio da Taça Fundação Inatel - Grupos

Grupo A
Malavado
Cavaleiro
Longueira
Soneguense
Campo Redondo
Cercalense
Bemposta

Grupo B
Nave Redonda
Pereirense
Luzianes
Garvão
Amoreiras
Colense
Santaclarense
Relíquias

Grupo C
Jungeiros
Santa Vitória
Penedo Gordo
São Matias
Figueirense
Mombeja
União Desportiva e Cultural Beringelense
Faro do Alentejo

1º Jornada
Santa Vitória vs Jungeiros
São Matias vs Mombeja
Faro do Alentejo vs Figueirense
Beringelense vs Penedo Gordo


Na 2º jornada o UDCB desloca-se a São Matias para defrontar a equipa da casa.


Grupo D
Quintos
Louredense
Neves
Salvada
Sobral D´Adiça
Ficalho
LUSO Serpense
Brinches

Grupo E
Albernoense
Alcariense
Santa Clara -a- Nova
Aldeia dos Fernandes
Trindade
Desportivo Sete
Sanjoanense

Peço desculpa por só postar esta informação agora, mas com certeza que já a viram em outros blogues. Só hoje consegui ter algum tempo para actualizar o blogue.
Quanto às séries no geral, todas elas parecem bastante competitivas e nenhuma equipa terá vida fácil. Em relação a nós, Beringelense, iremos defrontar algumas equipas que já conhecemos do passado e sabendo o que cada uma delas vale, teremos de encarar cada jogo com a maior seriedade possível, pois só assim conseguiremos alcançar os nossos objectivos.
Boa sorte às equipas e que seja um campeonato leal. 

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Resumo da 2ª Fase do Troféu Município de Beja

A fim de disputar os 3 primeiros lugares do troféu a nossa equipa deslocou-se no passado dia 15 de Outubro ao Sintético 1 da cidade de Beja.
O sorteio ditou que fizéssemos a abertura da tarde futebolística frente à equipa de Albernoa. Equipa essa que havíamos defrontado no jogo de apresentação na altura com a vitória a sorrir à nossa equipa, no entanto estávamos certos que não iria ser um jogo fácil tal como não o foi nesse jogo.

1º Jogo (UDCB vs Albernoa)

Equipa inicial:
- Osvaldo Faias, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto, Rui Militão, Ricardo Borges, André Ramos (c), Artur Mira, Pedro dos Reis, Diogo Ferro e Miguel Ramos.

Suplentes:
- Rúben Carapeto, José Miguel, Ivo Viriato, Pedro Veiga, Diogo Pimentinha e Sérgio Seixas.

Com um inicio de jogo repartido, ambas as equipas tentavam chegar rapidamente à baliza adversária sem que nesses processos houvesse muita troca de bola. Perto do minuto 15 quando a nossa equipa estava no ataque, dá-se uma perda de bola e a equipa adversária através de um passe longo consegue surpreender a nossa defesa. O extremo direito leva a bola até a linha de fundo e consegue um centro e a bola vai ter com um jogador que ao segundo poste consegue encostar a bola pela linha de golo. Um bom contra-ataque da equipa de Albernoa que apanhou a nossa equipa algo adormecida e aproveitou para inaugurar o marcador. Aos 20 minutos deu-se a troca de campo e a nossa equipa sabia que tinha mais 20 minutos para chegar pelo menos ao empate. Entrámos com muita vontade mas sem nunca conseguir ser muito objectivos e claros no ataque. Através de um lance de bola parada, o guarda-redes adversário evita por duas vezes o remate a sua baliza mas não consegue segurar a bola e Diogo Ferro na insistência com um remate forte faz o empate. O Albernoa com volta ao ataque e cria algumas situações de perigo mas em que a nossa defesa consegue resolver bem. Até que já perto do final numa desconcentração da equipa o lateral esquerdo do Albernoa efectua um lançamento rápido e apanha a nossa defesa fora das suas posições e a bola vai ter com o extremo esquerdo que com mais uma corrida veloz passa por o Edgar e já dentro da área acaba por cair após o contacto com o nosso defesa Cláudio que tentava remediar uma situação de muito perigo. O árbitro aponta para o penalty numa decisão que apesar de não vir de encontro ao que tinha vindo a ser norma em lances que ocorriam na zona de meio campo se aceita. O capitão do Albernoa assume a cobrança do penalty e consegue marcar o 2-1 final.

Na marcação dos penaltys de desempate no final do jogo, o Diogo Ferro acaba por ser infeliz e permitir a defesa do guarda-redes de Albernoa. Mais uma vez o capitão adversário consegue marcar e assim acabar praticamente com a nossas esperança de alcançar o primeiro lugar no torneio.

Tivemos então uma pausa enquanto se jogou o Albernoa vs São Matias, jogo esse onde aproveitámos para ver o nosso próximo adversário.

2º Jogo (Albernoa vs São Matias)

O Albernoa venceu o jogo por 1-0 num lance caricato onde o guarda-redes do São Matias fica mal na fotografia.

Após o final do jogo, deram-se algumas cenas lamentáveis entre ambas as equipas no acesso ao balneário com agressões e cenas que não dignificaram em nada ambas as instituições.
3º Jogo (UDCB vs São Matias)

Equipa inicial:
- Osvaldo Faias, Nuno Grazina, Cláudio Ramos, Pedro Veiga, Rui Militão, Ricardo Borges, André Ramos (c), Artur Mira, Sérgio Seixas, Diogo Ferro e Miguel Ramos.

Suplentes:
-Rúben Carapeto, Edgar Carapeto, José Miguel, Pedro dos Reis, Diogo Pimentinha e Ivo Viriato.

Na entrada para este jogo, com o vencedor do torneio definido restava-nos lutar pelo segundo lugar e foi o que fizemos com toda a nossa dedicação.
Entrámos bem no jogo conseguindo algumas trocas de bola e atacando a baliza adversária. Após 10 minutos de jogo grita-se golo, num lance duvidoso em que o arbitro auxiliar levanta a bandeirola por fora-de-jogo e anula assim o golo do São Matias. Este lance despertou alguma intranquilidade na nossa equipa e a equipa de São Matias dispõe de mais uma oportunidade de golo eminente com o avançado adversário a enviar a bola por cima da trave. Deu-se entretanto a troca de campo e a nossa equipa conseguiu recompor-se e entrar outra vez forte na partida. Passados 5 minutos do recomeço da partida Artur Mira surge isolado em frente ao guarda-redes adversário e consegue o desvio suficiente para fazer o primeiro golo na partida (1-0). Depois do golo o jogo surgem algumas oportunidades junto das duas balizas mas as defesas acabavam sempre por conseguir resolver os seus problemas. Quando faltava cerca de 5 minutos para o final do encontro, o Cláudio na marcação de uma falta antes do meio campo adversário tenta colocar a bola na área adversária e surge mais um lance caricato com o guarda-redes a medir mal a trajectória da bola e com esta a entrar directamente na baliza (2-0).
O jogo chega ao final e com a vitória a nossa equipa conquista assim o 2º lugar no troféu.


Foi uma tarde em que a nossa equipa mais uma vez deu provas de ser uma equipa unida e que apenas por falta de alguma concentração no primeiro jogo não conseguiu lutar por o 1º lugar até ao final do torneio. No entanto, quero dar os parabéns à equipa de Albernoa que teve todo o mérito na conquista do troféu.
A nossa equipa também está de parabéns pois melhorou a marca do ano passado neste mesmo troféu, após o ano passado ter assegurado o 3º lugar.
Nota ainda para Diogo Ferro que com 2 golos na prova igualou o melhor marcador mas não levou o troféu para casa pois a nossa equipa ficou melhor classificada que a equipa do Louredense, que viu assim Bolotinha ficar com o troféu.


André Ramos

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Resumo da 1ª Fase do Troféu Município de Beja

No Sábado passado a nossa equipa foi disputar a 1ª Fase do Troféu Município de Beja ao Penedo Gordo. O sorteio dos grupos indicou que a nossa equipa estaria presente no grupo B, juntamente com Penedo Gordo, Louredense e Mombeja.

Eram 14.00h quando a bola começou a rolar no Penedo Gordo, frente-a-frente a nossa equipa contra o Louredense.

Cada jogo teve a duração de 40min, sem intervalo.

1º Jogo

Equipa inicial:
- Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Edgar Carapeto, Afonso Santos, Rui Militão, Ricardo Borges, André Ramos (c), Artur Mira, Diogo Pimentinha, Miguel Ramos e Cláudio Ramos.

Suplentes:
- Osvaldo Faias, Diogo Ferro, Miguel Damásio, Sérgio Seixas, Marco Dias, Ivo Viriato e Vitor Galvão.


Na escolha de campo tivemos a possibilidade de escolher campo e decidimos jogar a favor do vento uma vez que soprava com alguma intensidade. Foi uma escolha importante pois como só se jogava uma parte teríamos essa vantagem sempre do nosso lado.
Foram 40 minutos de muita luta em que a nossa equipa tentou sobretudo contrariar o jogo do adversário. Senti que não praticámos o futebol que já conseguimos colocar em campo esta temporada mas o nosso adversário era complicado. O jogo foi disputado com grande ritmo, lances duros de parte a parte e com muitas faltas. De realçar duas oportunidades de golo, uma para cada lado. No nosso ataque Diogo Ferro recebe a bola do lado esquerdo do ataque e à entrada da área remata forte com a bola a passar junto ao poste da baliza adversária. O Lourendense num rápido lance de contra-ataque que começa na entrada da sua área consegue um situação de vantagem numérica mas não consegue efectuar o ultimo passe já dentro da área com crédito também para uma recuperação rápida da nossa equipa. O Louredense teve maior posse de bola sem sendo que a nossa equipa ocupou bem o espaço e defendeu bem. Com o apito final era dado lugar às grandes penalidades, Diogo Ferro transformou o primeiro penalty em golo e ouvi-se a primeira festa em campo. Minutos depois é a vez de Rúben Carapeto brilhar ao defender o 1º penalty do Louredense.

De realçar também a perda de um jogador importante muito cedo no encontro, foi ele Afonso Santos que após um lance disputado acaba por torcer o joelho e não conseguir continuar em campo.

Com a vitória nos penaltys a nossa equipa iria disputar o jogo dos vencedores às 17h.

No jogo seguinte o Mombeja levou a melhor também nos penaltys frente à equipa visitada após o 0-0 no final dos 40 minutos.

Às 16h teve inicio o jogo entre as equipas vencidas, Louredense e Penedo Gordo, que também viria a terminar empatado no final do tempo regulamentar, na lotaria dos penaltys o Louredense levou a melhor.


2º Jogo

De volta ao campo após uma paragem de duas horas, aquecemos bem e tentámos "reanimar" os músculos que estavam de certa forma adormecidos. O jogo era agora frente ao Mombeja e iria decidir a equipa que iria ganhar o grupo e assim disputar no próximo Sábado os 3 primeiros lugares na fase final.

Equipa Inicial:
- Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Edgar Carapeto, Cláudio Ramos, Rui Militão, Ricardo Borges, André Ramos (c), Sérgio Seixas, Vitor Galvão, Diogo Pimentinha e Ivo Viriato.

Suplentes:
- Osvaldo Faias, Diogo Ferro, Artur Mira, Miguel Damásio, Marco Dias e Vítor Galvão.

Ao contrário do jogo com o Louredense, o jogo com o Mombeja foi praticamente de sentido único, a nossa equipa atacou bastante durante todo o encontro. Tivemos muitos cantos a nosso favor e algumas jogadas de perigo mas os nossos avançados não estavam a conseguir concretizar esse domínio com o golo. O vento ajudou a encostar o Mombeja à sua área uma vez que estava a nosso favor e com maior intensidade que no primeiro jogo. Perto do minuto 30, Ségio Seixas finta um adversário na área e é derrubado, o árbitro apita para a marca de grande penalidade. Diogo Ferro, mais uma vez, aborda a bola com grande convicção e engana o guarda-redes do Mombeja, colocando a nossa equipa na frente 1-0. Até ao final tentámos chegar ao segundo golo que nos desse tranquilidade mas não fomos felizes na finalização, o Mombeja só em contra-ataque tentava levar perigo à nossa baliza. O jogo chegava ao fim e a nossa equipa festejou o primeiro lugar no grupo.

Durante o segundo jogo perdemos o segundo central também com um problema no joelho. No entanto prevê-se que o Edgar tenha um tempo de recuperação maior que o Afonso, que se lesionou no primeiro jogo.


Durante a noite, houve muita festa com um jogador do Beringelense a fazer anos, Miguel Ramos, mas em que toda a equipa estava de parabéns. Grandes momentos que demonstram a grande união do nosso grupo num dia em que lembrou que Beringel está VIVO!


André Ramos

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Resumo do Jogo de Apresentação

Foi na tarde de 1 de Outubro que a nossa equipa se deu oficialmente a conhecer aos adeptos frente à equipa de Albernoa. Com a bancada um pouco mais composta que nos jogos anteriores os jogadores foram apresentados individualmente.

Os jogadores Osvaldo Faias, Vítor Galvão, Marco Dias, David Carvalho e Rui Militão apesar de indisponíveis para o encontro foram também apresentados pelo "speaker & DJ" residente Jorge Militão.


11 Inicial:

- Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Edgar Carapeto, Afonso Santos, Diogo Ferro, Ricardo Borges, André Ramos (c), Artur Mira, Diogo Pimentinha, Miguel Damásio e Miguel Ramos.

Suplentes:

- Pedro Veiga, Cláudio Ramos, Pedro Reis, José Miguel, Sérgio Seixas e Ivo Viriato.


1ª Parte:

O jogo começou com as duas equipas a tentarem controlar o meio campo. Com o passar do tempo a nossa equipa foi conseguindo ter maior posse de bola sem no entanto conseguir criar ocasiões de golo. O Albernoa respondia com os mesmos trunfos, tentando sair com a bola controlada do seu meio campo.
Os nossos laterais começaram a contribuir para o ataque à área adversária e conseguimos através de alguns cruzamentos e cantos alvejar a baliza adversária sempre com boa resposta do guarda-redes visitante.
Perto do minuto 35 festeja-se o primeiro golo da partida, após uma insistência de Artur Mira pelo lado esquerdo que me assiste dentro da área e remato, o guarda-redes defende para a frente onde surge Miguel Damásio repleto de oportunidade encosta a bola para a dentro da baliza e faz o 1-0.
A equipa visitante também criou algumas boas oportunidades de golo mas a ineficácia dos seus avançados bem como a exibição segura do nosso guarda-redes Rúben mantiveram a nossa baliza sem registo de golos.

Intervalo (1-0)

2ª Parte:

No regresso da equipa para a segunda parte registaram-se duas alterações, a saída de Diogo Pimentinha e Miguel Damásio para a entrada de Cláudio Ramos e Sérgio Seixas. Os jogadores Pedro Veiga, Pedro Reis, José Miguel e Ivo Viriato entraram todos no decorrer da segunda parte.
A equipa entrou confiante e foi assim que se manteve durante toda a segunda parte, onde o Albernoa correu atrás do resultado mas continuando a pecar na finalização. Na nossa equipa notou-se porém alguma perda de ligação entre a defesa e o ataque e como resultado disso o jogo estava mais aberto e com alguns lances dignos de registo do nosso ataque. Sérgio Seixas encontrou-se num dia inspirado e conduziu a nossa equipa em direcção à baliza adversária., outro jogador em destaque foi o jovem Ivo Viriato que bastante irrequieto deu muito trabalho à equipa adversária. Um lance digno de registo foi uma boa jogada de Miguel Ramos que junto à linha final consegue arranjar espaço para fazer um "cruzamento/remate" a bola e com o guarda-redes batido, Cláudio Ramos tenta o desvio para a baliza e a bola com algum azar raspa o poste e sai pela linha final. Perto do minuto 30' da segunda parte, Pedro Veiga recupera a bola na nossa defesa, entrega a Sérgio Seixas que num lance que entusiasmou a bancada passa por um adversário e faz o passe para Ricardo Borges, este remata para defesa incompleta do guarda-redes, deixando a bola ao alcance do irrequieto Ivo Viritado que em esforço consegue dar o melhor fim à jogada. (2-0)

Resultado Final: 2-0


Foi mais um bom treino para a nossa equipa, que festejou a sua primeira vitória da época. Uma vitória que traz algum animo à equipa mas que não nos ilude pois sabemos que ainda temos muito trabalho pela frente. O Albernoa foi uma equipa que lutou bastante e praticou um futebol positivo apesar do pouco tempo de preparação.
Deixo aqui o nosso obrigado pelo jogo à equipa de Albernoa que demonstrou, apesar de alguns lances mais "acesos" que são normais no futebol, carácter dentro e fora das quatro linhas.


P.S: As fotos do jogo podem ser encontradas no facebook do clube.

André Ramos

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Jogo de Apresentação

Resumo do 2º Jogo de Preparação

No passado Sábado a nossa equipa deslocou-se a Santa Vitória, para disputar o segundo jogo de preparação da época 2011-2012.

O treinador Tiago Borges fez algumas alterações na equipa em relação ao onze inicial do jogo passado bem como algumas experiências a nível individual.

11 Inicial:

- Rúben Carapeto, Nuno Grazina, Edgar Carapeto, Afonso Santos, Rui Militão, Ricardo Borges, André Ramos (c), Artur Mira, Diogo Pimentinha, Sérgio Seixas e Miguel Ramos.

Suplentes:

- Osvaldo Faias, Pedro Veiga, Cláudio Ramos, Diogo Ferro, José Miguel, Marco Dias e Ivo Viriato.


Resumo dos 90 minutos:

Na primeira parte ambas as equipas tentaram colocar a bola a rolar pelos seus jogadores, através de passes curtos e em que houveram bons momentos de futebol. A maior parte do tempo, o jogo foi disputado no meio-campo com muita concentração defensiva e sem que os ataques das duas equipas conseguissem levar perigo às balizas. Perto do minuto 30, um jogador do Santa Vitória (Daniel Venâncio) consegue quebrar a rotina e isola-se na cara de Rúben Carapeto que faz bem a "mancha" e consegue afastar o perigo da nossa baliza. O nosso lance de maior perigo surgiu no canto bem marcado onde após um cabeceamento a bola sai um pouco por cima da baliza adversária.
Na segunda parte o ritmo do jogo manteve-se elevado com muita entrega dos jogadores, apesar das muitas substituições que se verificaram. Penso que na segunda parte a equipa conseguiu melhorar em termos posicionais e teve um maior controlo da partida uma vez que obtivemos algumas situações de golo mas que não conseguimos concretizar. Os reforços vindos do banco estiveram a um bom nível e com isso estivemos perto de conseguir a primeira vitória da época.

Resultado final 0-0


Quanto a mim penso que se notou alguma evolução no nosso jogo em relação ao encontro da semana anterior e que estamos num bom caminho, relembrando ainda que esse caminho é longo. Houveram ainda alguns momentos de maior tensão entre jogadores que foram rapidamente desfeitos pelos companheiros de equipa de ambas as equipas, momentos esses causados pela grande entrega de todos os jogadores em campo.
Deixo aqui o meu agradecimento à equipa do Santa Vitória e o desejo de um bom campeonato.


P.S: As fotos do jogo podem ser encontradas no facebook do clube.

André Ramos

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

XI Edição Troféu Município de Beja

Realizou-se hoje, pelas 18h, a reunião referente à XI Edição do Troféu Município de Beja e apenas dois clubes não se fizeram representar. Após uma pequena conversa sobre alguns aspectos a alterar e melhorar, deu-se inicio ao sorteio do torneio. Sorteio esse que ditou os seguintes grupos:

Grupo A
Salvadense
Neves
São Matias
Santa Vitória


Grupo B
Penedo Gordo
Beringelense
Louredense
Mombeja

Grupo C
Quintos
Trindade
Albernoa

A primeira fase desde torneio irá disputar-se no dia 8 de Outubro. Os anfitriões de cada grupo são o Salvadense, no Grupo A; o Penedo Gordo, no Grupo B; e o Quintos, no Grupo C.

Quanto ao calendário de jogos, será o seguinte:

Grupo A
14H - 1º Jogo - Santa Vitória vs Neves
15H - 2º Jogo - Salvadense vs São Matias
16H - 3º Jogo - Vencido 1º Jogo vs Vencido 2º Jogo
17H - 4º Jogo - Vencedor 1º Jogo vs Vencedor 2º Jogo

Grupo B
14H - 1º Jogo - Beringelense vs Louredense
15H - 2º Jogo - Penedo Gordo vs Mombeja
16H - 3º Jogo - Vencido 1º Jogo vs Vencido 2º Jogo
17H - 4º Jogo - Vencedor 1º Jogo vs Vencedor 2º Jogo

Grupo C
14H30 - 1º Jogo - Albernoa vs Trindade
15H30 - 2º Jogo - Quintos vs Trindade
16H30 - 3º Jogo - Quintos vs Albernoa

Os jogos terão a duração de 40 minutos.
Quanto à segunda fase do torneio, esta será realizada no dia 15 de Outubro em locais ainda a definir. Disputam os três primeiros lugares, os vencedores dos três grupos. Quanto ao 4º, 5º, 6º e 7º lugares da segunda fase, estes irão ser disputados pelos 2ºs classificados + o melhor 3º lugar. Os outros clubes irão disputar os restantes lugares da classificação final do torneio.

PS: O resumo do jogo de treino será publicado nos próximos dias.

PS2: O União Desportivo Cultural Beringelense está a procura de adversário para o próximo Sábado dia 1 de Outubro. Em caso de interesse é favor fazer um comentário aqui no blogue com o número de contacto. Esse mesmo comentário não irá ser publicado de maneira a não divulgar números de telefone.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Resumo do Jogo de Preparação

No primeiro jogo de preparação, a nossa equipa recebeu no Campo dos Unidos a equipa dos Dragões Padre Nabeto, à qual desde já agradeço o jogo e a maneira correcta como o jogaram.

Uma vez que este era o primeiro teste da nossa equipa, e com tantos elementos novos na equipa era esperada alguma falta de entrosamento entre os jogadores bem como alguma falta de ritmo de alguns elementos.


O 11 inicial escolhido pelo treinador Tiago Borges foi o seguinte:

- Osvaldo Faias, Diogo Ferro, Edgar Carapeto, Afonso Santos, Rui Militão, Ricardo Borges, Miguel Ramos, André Ramos, Sérgio Seixas, Artur Mira e Diogo Pimentinha.

Suplentes:
- Rúben Carapeto, Cláudio Ramos, Nuno Grazina, Miguel Damásio, Marcelo, Carlos Ventura, David Carvalho, Marco Dias e Pedro Veiga.

1ª Parte

Entrámos concentrados e o jogo encontrava-se bastante equilibrado sobretudo na zona de meio-campo.
Passados alguns minutos a nossa equipa começou a colocar a bola nas laterais e foi num desses lances que o Sérgio consegue um remate de fora da área com a bola a sobrevoar o guarda-redes e a fazer o primeiro da tarde. (1-0)
Pouco tempo depois, deu-se uma falta de comunicação entre os centrais e a bola sobra para o avançado adversário que no frente-a-frente com o Osvaldo leva a melhor. (1-1)
A nossa equipa volta ao ataque e através de uma boa desmarcação Artur, aparece em frente ao guarda-redes adversário mas acaba por rematar por cima da baliza.
Através de um canto a nosso favor aparece o Afonso ao segundo poste a corresponder da melhor forma e a fazer o golo (2-1).
Minutos antes do intervalo, com alguma passividade do nosso meio-campo, um jogador da equipa-adversária consegue espaço para o remate à entrada da área e mais um vez empata o jogo (2-2).

O jogo chega ao intervalo com o resultado em 2-2.

Para o inicio da segunda parte o treinador faz entrar todos os suplentes, ficando em campo apenas o Edgar Carapeto e o Rui Militão.

2ª Parte

A equipa demorou a encontrar-se sobretudo a nível de meio-campo e isto colocou vários problemas à nossa equipa.
Com a nossa equipa a deixar espaços que não podem ser permitidos o adversário aproveitou e fez 4 golos ao longo da segunda parte. De registar que jogámos durante cerca de 20 minutos com 10 jogadores uma vez que Marcelo por lesão teve de deixar o campo.
De referir que os jogadores nunca deixaram de lutar, apesar da elevada temperatura e do resultado desfavorável.
A equipa não se encontrou na segunda-parte, o que também é natural derivado ao pouco tempo de treino e ao elevado número de substituições feitas ao intervalo.
O jogo chegou ao fim com o resultado em 2-6.


Sendo que o menos importante de um jogo de pré-época é o resultado, este deixou-nos um sentimento de frustração. Contudo foi um teste a meu ver positivo pois deu para todos os jogadores somarem minutos em campo e perceber as movimentações e acções dos colegas.

A equipa vai continuar a treinar para rectificar alguns aspectos do seu jogo, e a aperfeiçoar outros que já começaram a aparecer, sobretudo na primeira parte.
A meu ver, a equipa apresenta mais soluções e qualidade que o ano passado e é uma questão de tempo até conseguir demonstrar isso dentro de campo. Acreditamos assim que no inicio da época estaremos todos com o pensamento na vitória em todos os jogos.


P.S: Fotos do jogo no facebook e no site da equipa ( www.udcberingelense.webnode.pt ) brevemente.

P.S2: O nosso obrigado à Sofia pelas fotos tiradas no Sábado.


André Ramos


sábado, 3 de setembro de 2011

Diogo Ferro reforça U.D.C.B.

Diogo Ferro é o mais recente reforço do U.D.C.B. para a próxima época. Trata-se de um jogador muito jovem mas que já demonstra grande qualidade. É natural de Beringel e vem dar ainda mais competitividade ao plantel.
Na temporada passada representou a equipa de juniores do SC Cuba.






domingo, 28 de agosto de 2011

Festas de Beringel 2011



PROGRAMA

Sexta, 9 de Setembro:
21h - Início das festas
22h - Baile com Mario Neves
24h - DJ Ankjay

Sábado, 10 de Setembro:
9h - Passeio Equestre
10h - Largada de Touros
17h - Tourada a Alentejana
22h - Baile com Banda Orquestra 3G
24h - Actuação do artista CARLOS GRANITO e bailarinas
03h - DJ Ankjay

Domingo, 11 de Setembro:
9h - Passeio cicloturismo
11.30h - Missa Solene em Honra de Nª SRª DA CONCEIÇÃO
17.30h - Procissão em Honra de Nª SRª DA CONCEIÇÃO
22.30h - Baile com Rúben Baião
24h - Actuação da artista BRUNA e bailarinas
01h - Continuação do baile

Segunda, 12 de Setembro:
17.30h - Tourada a Alentejana
21h - Encerramento das festas

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Miguel Ramos é reforço do U.D.C.B.

Confirmado na tarde de ontem, Miguel Ramos, 20 anos, é o mais recente reforço do U.D.C.B. para a próximo época. É um jogador que já estava há algum tempo referenciado e que realizou parte da sua formação no nosso clube. Na última temporada esteve ao serviço do Salvadense, na 2ª Divisão Distrital. 
É um reforço que irá acrescentar qualidade à equipa e a sua polivalência será certamente muito útil.


quarta-feira, 24 de agosto de 2011

5º Reforço Assegurado

Trata-se de outro jovem natural de Beringel e vem preencher uma lacuna há muito tempo identificada pelo clube, a posição de Guarda-Redes. Chama-se Osvaldo Faias, tem 18 anos e na última temporada representou a equipa de Juniores do SC Cuba.


terça-feira, 23 de agosto de 2011

Início dos Treinos/Jogos de Preparação

Após algumas reuniões com os dirigentes responsáveis, é com agrado que vemos aprovada a data desejada para ínicio dos treinos. Assim o primeiro treino está marcado para dia 1 de Setembro pelas 19h no Campo dos Unidos.
Para além do treino em si, iremos aproveitar este momento para limar algumas arestas sobre determinados assuntos que são sem dúvida importantes para o normal funcionamento de um Clube.

Este primeiro treino será também de alguma forma especial, pois será aberto a todos os interessados. Por isso, se gostas de jogar futebol, se gostas de conhecer novas pessoas, se gostas acima de tudo de aprender cada vez mais, apresenta-te e mostra o que vales!
Existirá no plantel, com certeza, uma vaga, ou talvez duas,  para os casos acima descritos.

Mais, o U.D.C.B. está à procura de possíveis equipas para Jogos de Preparação. Procuramos, desde já, um adversário para o dia 3 de Setembro e outro para o dia 17 de Setembro. Os interessados poderão comentar este post, deixando o seu contacto e informações pertinentes.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Novas caras para a próxima época.

Na sequência da politica de contratações e ideologia implementada pela actual direcção e a respectiva equipa técnica, a aposta continua em jogadores jovens e naturais de Beringel.



Pedro dos Reis, ex-junior Despertar, 18 anos tal como os outros 3 companheiros passou pelas camadas jovens do nosso clube.

Ivo Viriato, 18 anos um regresso ao futebol após estar afastado por alguns anos.

Afonso Santos, ex-junior Desportivo de Beja, 18 anos também ele um regresso.

Artur Mira, ex- junior SC Cuba, 19 anos e regressa a casa onde fez grande parte da sua formação inicial.



São jogadores jovens, com grande margem de progressão e que certamente irão lutar pelo clube da sua terra com todo o empenho e dedicação.




Visita o novo espaço do U.D.C.B em : http://udcberingelense.webnode.pt/



André Ramos