quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Resumo do Jogo - 7º Jornada - Louredense F.C. vs U.D.C.B

No passado Sábado realizou-se a 7ª jornada do campeonato e tivemos como adversário o Louredense. Uma equipa que tenta sempre praticar um futebol positivo e que luta sempre pelos primeiros lugares.

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Luís Martins, Edgar Carapeto, Cláudio Ramos, André Pontes; André Ramos, Pedro Abundância, Bernardo Xavier, Miguel Ramos, Diogo Ferro; Afonso Santos.

Suplentes: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Pedro Veiga; Ivo Viriato, Diogo Pimentinha, Rafael Xavier.

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

O Lourendense, desde cedo começou por tentar implementar o seu futebol através da circulação de bola pelos seus jogadores. Esse futebol aconteceu a maior parte do tempo no reduto defensivo do adversário uma vez que a nossa equipa esteve bem ao pressionar os jogadores de meio-campo. O Louredense apesar de conseguir chegar à nossa área não conseguia criar verdadeiras oportunidades de golo, sendo que o lance mais perigoso, foi um remate de fora da área que o nosso guarda-redes defendeu com grande segurança. Nós, tentámos sobretudo em lances de contra-ataque chegar ao golo, o primeiro sinal de perigo foi dado por Afonso Santos mas um defesa adversário acaba por cortar o remate junto à linha da pequena área. Num dos lances de contra-ataque, Miguel Ramos lançado na esquerda ao ver Diogo Ferro em boa posição do lado direito do nosso ataque, consegue um bom passe longo ao qual o Diogo corresponde com grande classe e consegue um golo de belo efeito sem hipóteses para o guarda-redes adversário (1-0). 

Resultado ao Intervalo: 0 - 1 (Diogo Ferro)

2º Parte

Na segunda parte a nossa equipa baixou um pouco no terreno, fruto da determinação da equipa da casa. Com o passar do tempo e o aumento do número de avançados no ataque do Louredense foram surgindo boas ocasiões. A nossa equipa já não conseguia ligar o meio-campo ao ataque e os contra-ataques deixaram de ser tão bem definidos como na primeira parte. O treinador Tiago Borges tentou refrescar a equipa e reforçar a defesa mas o golo do Louredense acabaria por acontecer perto do minuto 70 com Pedro Carocinho a conseguir um bom remate de primeira numa insistência do seu ataque (1-1).  Até ao final da partida ambas as equipas tentaram chegar à vitória criando ainda algumas oportunidades de golo mas o jogo acabou com um empate.


Resultado Final: 1 - 1 (Diogo Ferro)


Na minha opinião, foi um jogo de futebol bem disputado em que ambas as equipas procuraram os 3 pontos. O empate é um resultado que a meu ver se ajusta à prestação de ambas as equipas.
A equipa de arbitragem, em especial os árbitros auxiliares estiveram um pouco a baixo do nível esperado com decisões algo incríveis.

Homem do jogo: Diogo Ferro

Resultado justo? Um empate na casa do Louredense é um resultado positivo ou negativo?

André Ramos

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

7º Jornada - Louredense F.C. vs U.D.C.B (15 Dezembro)


Este será o último encontro da 1º Volta do Campeonato sendo que marca também ele o inicio de uma pausa de aproximadamente 1 mês. O que espera desta jogo?

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Resumo do Jogo - 6º Jornada - U.D.C.B. vs A.C. Cuba

Para esta jornada a nossa equipa recebeu a formação oriunda de Cuba, num jogo onde grande parte do plantel esteve disponível para dar o seu contributo à equipa quer dentro quer fora do pelado. Sabíamos também que tínhamos de vencer este jogo para continuarmos a pressionar os adversários directos e aumentar a distância para a AC Cuba, por exemplo.

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Luís Martins, Edgar Carapeto, Cláudio Ramos, André Pontes; André Ramos, Diogo Ferro, Bernardo Xavier; Nuno Grazina, Afonso Santos, Rafael Xavier

Suplentes: Osvaldo Faias; Pedro Veiga, Miguel Damásio; Pedro Abundância, Miguel Ramos; Vítor Galvão, Artur Mira

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

O jogo iniciou-se em ritmo morno com as duas equipas a tentar fazer prevalecer os seus valores. No entanto foi a nossa equipa que demonstrou ser e estar mais forte que o adversário criando algumas oportunidades de grande perigo. Na primeira, Afonso Santos combina com Rafael Xavier e este com um remate à entrada da área de pé esquerdo faz a bola embater no poste. Posteriormente, uma jogada de insistência do Nuno Grazina sobre a direita que com um bom cruzamento coloca a bola redondinha no Afonso Santos que de primeira atira novamente ao poste. Por sua vez, a AC Cuba apenas conseguia chegar perto da nossa baliza através de bolas paradas mas a nossa defensiva esteve em bom plano e impediu a concretização dessas oportunidades.
Contudo, o jogo chegou ao intervalo com o nulo a manter-se fruto da ineficácia nos nossos jogadores.

Resultado ao Intervalo: 0 - 0

2º Parte

Para esta 2º Parte, o Treinador resolveu mexer na equipa retirando o Rafael Xavier, o Nuno Grazina e o Bernardo Xavier colocando para os seus lugares o Artur Mira, o Vítor Galvão e o Miguel Ramos com o intuito de realizar maior pressão sobre o adversário. A 2º Parte iniciou-se da mesma forma como terminou a 1º parte, com a nossa equipa a tentar o golo que tardou em chegar criando várias oportunidades. Numa delas Afonso Santos sai bem da marcação e realiza um cruzamento para o 2º poste onde aparece Vítor Galvão  a cabecear à barra. Na jogada seguinte a bola chega ao Artur Mira que na cara do Guarda-Redes "permite" a sua defesa. O tão ansiado golo chega a meio da 2º Parte numa jogada de insistência à entrada da área da AC Cuba com uma série de remates que embatem nos defesas adversários com Miguel Ramos a recolher a bola e num remate de raiva consegue finalmente inaugurar o marcador. Minutos depois, nova oportunidade, boa jogada colectiva lançando Vítor Galvão pela direita que com um cruzamento rasteiro serve Diogo Ferro ao 2º poste que encostou para a baliza. Lance caricato onde se gritou golo pois pareceu-nos que a bola entrou na baliza antes do Guarda-Redes da AC Cuba ter recolhido a mesma. A AC Cuba ainda tentou reagir e chegar ao empate colocando mais homens na frente de ataque mas felizmente para a nossa equipa, sem sucesso.

Resultado Final: 1 - 0 (Miguel Ramos)

Homem-do-Jogo: Miguel Ramos

Foi um jogo onde as emoções estiveram à flor da pele dado o número de oportunidades desperdiçadas. A ansiedade começou a tomar conta dos jogadores pois estes sabiam que tudo estavam a tentar para conseguir a vitória. No entanto se descurassem a defensiva poderiam sofrer um golo e seria um balde de água fria pois a nossa equipa estava bastante melhor. Foi uma vitória "sofrida" mas que significa o mais importante, a conquista de mais 3 pontos.

Resultado justo ou peca por escasso dado o número de oportunidades criadas pela equipa? Quem foi o melhor jogador em campo?

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

6º Jornada - U.D.C.B. vs A.C. Cuba (8 Dezembro)


Após vitória moralizadora em Faro do Alentejo, a nossa equipa irá receber a A.C. Cuba que apenas pontuou nos jogos fora de casa. Qual será o desfecho deste jogo?

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Resumo do Jogo - 5º Jornada - G.D.C. Faro do Alentejo vs U.D.C.B.

Após a primeira derrota para o campeonato no passado fim de semana, a equipa estava motivada para voltar as vitórias. Em Faro do Alentejo os jogos são sempre difíceis e apesar do resultado o jogo foi equilibrado, sobretudo na primeira parte.

Equipa Inicial: Daniel Raposo; André Pontes, Edgar Carapeto (c), Cláudio Ramos, Luís Martins; Pedro Abundância, Diogo Ferro, Bernardo Xavier; Afonso Santos, Nuno Grazina, Rafael Xavier.

Suplentes: Osvaldo Faias; Miguel Damásio; Miguel Ramos; Diogo Pimentinha, Ivo Viriato, Artur Mira

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

Ao contrário do que tem vindo a ser normal, entrámos algo apáticos em campo. O nosso ataque e meio campo não entraram bem e permitiam alguma liberdade na posse de bola dos homens de Faro. Apesar de a nível defensivo não estar a ser um jogo conseguido, em termos ofensivos a equipa conseguia desdobrar-se bem e chegar à área adversária. Perto do minuto 30 a nossa equipa chega ao golo pelo inevitável Afonso Santos. Um livre bem marcado por Luís Martins coloca a bola à entrada da pequena área onde aparece o Afonso para fazer o primeiro da tarde (0-1). Passados cerca de 5 minutos, outra boa oportunidade para a nossa equipa chegar ao golo, Rafael Xavier à entrada da área remata e leva a bola à trave num bom momento de futebol. De realçar que o Faro durante esta primeira parte também dispôs de uma oportunidade de muito perigo, onde Cláudio Ramos em esforço consegue o corte já junto à linha de golo.

Resultado ao Intervalo: 0 - 1 (Afonso Santos)

2º Parte

No inicio da segunda parte a equipa apareceu com outra garra, a disputar os lances com mais intensidade e a mostrar que não queria deixar fugir os 3 pontos. Aos 60 minutos após uma jogada do nosso ataque, Nuno Grazina entra pela direita da área adversária e após aguentar uma carga do adversário remata para o segundo da partida (0-2). O Faro tentou responder mas a nossa defesa esteve sempre muito concentrada e manteve a baliza do Daniel longe do perigo. A cerca de 10 minutos do final o último golo da tarde, Miguel Ramos lança Ivo Viriato no meio campo, este isola-se e desvia a bola do alcance do guarda-redes (0-3).

Resultado Final: 0 - 3 (Afonso Santos, Nuno Grazina, Ivo Viriato)

Homem-do-Jogo (Opinião Pessoal): André Pontes

Num jogo difícil, a nossa equipa conseguiu um bom resultado, fruto da entrega dos nossos jogadores sobretudo na segunda-parte. A nossa defesa esteve bem durante toda a partida e foi isso, a meu ver, que segurou a nossa equipa sobretudo na primeira parte. Uma palavra também para o Bernardo que fez também ele um grande jogo, incansável no meio-campo.

Parabéns equipa!

Mesmo com um número razoável de jogadores indisponíveis  a nossa equipa saiu vitoriosa num jogo e campo sempre difíceis para qualquer adversário. A qualidade do plantel é superior, inferior ou igual ao da época passada?

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

5º Jornada - G.D.C. Faro do Alentejo vs U.D.C.B. (1 Dezembro)


Após a derrota em casa frente ao Penedo Gordo, este jogo assume uma importância ainda maior sendo que apenas a vitória nos coloca novamente na luta pelos primeiros lugares. Qual irá ser o desfecho deste jogo?

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Resumo do Jogo - 4º Jornada - U.D.C.B. vs A.C.D. Penedo Gordo

No passado Sábado recebemos a equipa do Penedo Gordo num jogo referente à quarta jornada.

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Nuno Grazina, Luís Martins, André Pontes, Pedro Reis; Pedro Abundância, André Ramos, Bernardo Xavier; Diogo Ferro, Miguel Ramos, Afonso Santos.

Suplentes: Daniel Raposo; Edgar Carapeto; Mário Neves; Diogo Pimentinha, Artur Mira, Ivo Viriato, Rafael Xavier.

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

Foi uma primeira parte onde o futebol ficou um pouco aquém do esperado sendo que nenhuma das equipas conseguiu demonstrar o seu jogo. A defesa adversária conseguiu manter o perigo longe da sua baliza recorrendo algumas vezes à falta, onde por duas vezes a dureza das entradas fez lembrar, a meu ver, o longínquo campeonato do Inatel. Por outro lado o Penedo Gordo também não conseguia criar oportunidades de golo, numa primeira parte onde o meio campo foi a zona do terreno mais pisada por ambas as equipas.
A excepção acontece perto do minuto 30 quando após um desvio de cabeça do Bernardo, Afonso Santos aparece rápido nas costas dos centrais do Penedo e faz o primeiro golo da partida (1-0). O banco do Penedo Gordo protestou uma suposta ilegalidade do lance por fora-de-jogo mas o fiscal de linha nada assinalou.

Resultado ao Intervalo: 1 - 0 (Afonso Santos)

2º Parte

Com o recomeço da partida o Penedo Gordo reentrou em campo com vontade de alcançar o empate. A nossa equipa recuou mais no terreno e conseguia impedir que o adversário chegasse à nossa baliza. Numa jogada de ataque do Penedo Gordo o avançado cai na nossa área e mais uma vez houve protestos a alegarem a marcação de uma grande penalidade, sem que o árbitro nada assinalasse. Minutos depois mais um lance de alguma polémica em que Afonso Santos é derrubado antes da grande área numa situação vantajosa para a nossa equipa pois é derrubado pelo último homem da defesa contrária. O árbitro assinala a falta mas não mostra o respectivo cartão e perdoa uma expulsão à equipa do Penedo Gordo, pois penso que o jogador que faz a falta já tinha visto o cartão amarelo num lance da primeira parte.
Perto dos 55 minutos num lance de contra-ataque a equipa do Penedo chega ao golo por parte de Luís Monteiro. A bola é recuperada na defesa e lançada na linha, alguns dos nossos jogadores ficaram a pensar que a bola tinha saído na linha lateral mas a jogada continuou, é feito um passe para a área onde o jogador aparece isolado e faz o (1-1), isto com o nosso central no chão após, segundo o próprio, na corrida com o avançado ter havido um contacto no pé que o fez cair. O árbitro, que se encontrava a meio campo, nada assinalou e estava feito o empate.
A nossa equipa tenta responder num lance onde mais uma vez Afonso Santos iria ficar em situação privilegiada o árbitro resolve assinalar uma falta sem dar a lei da vantagem e assim acaba a beneficiar o infractor. Lei que aplicou bastantes vezes, e bem durante o jogo.
Artur Mira solicitado pelo nosso meio-campo, isola-se mas frente ao guarda-redes não consegue colocar a nossa equipa na frente, pois o guarda-redes consegue evitar o golo com uma boa defesa.
Em mais um lance de ataque nosso o árbitro auxiliar assinala um fora-de-jogo da nossa equipa e eu após me voltar para trás riu-me com a marcação do fora-de-jogo, o árbitro chama-me e mostra-me amarelo, comento com o capitão do Penedo que está a fazer bom jogo e bato palmas ao jogador do Penedo, o árbitro dá-me o segundo amarelo em questão de segundos e o respectivo vermelho.
Passados alguns minutos o Penedo Gordo chega ao golo da vitória num lance de ataque em que após alguns ressaltos na área, Bruno Alvito acaba por conseguir fazer o (2-1).
Até ao final do encontro ainda houve mais um protesto por grande penalidade na área do Penedo Gordo, no seguimento de um pontapé de canto, dois jogadores não permitem que o nosso central salte para cabecear a bola apoiando-se nele, mas o árbitro também nada assinala.

Resultado Final: 1 - 2 (Afonso Santos; Luís Monteiro, Bruno Alvito)

Na minha opinião, a nossa equipa teve oportunidade de fazer o 2-0 mas a falta de inspiração geral dos nossos jogadores não fez com que isso acontecesse acabando assim por ir perder o jogo.
Num jogo com muitos casos, a vitória foi para os homens do Penedo Gordo que assim ficam em primeiro lugar no grupo com 9 pontos a par de Louredense. Quanto a nós estamos com 6 pontos e menos um jogo que estas duas equipas.
Após o nosso golo senti que o árbitro teve algumas decisões a favor do Penedo Gordo que tiveram influencia no resultado, a minha expulsão e o perdoar da expulsão ao jogador do adversário é uma delas.
Senti-me injustiçado pela expulsão sobretudo porque ouvi durante o jogo, mais do que uma vez, o árbitro avisar um jogador do Penedo que já tinha amarelo para se acalmar. Para mim foram 2 amarelos na mesma jogada por "protestos", quando nunca lhe faltei ao respeito, para além de que não fiz uma única falta durante o jogo.

Parabéns à equipa do Penedo Gordo que no final conquistou os três pontos.

A nossa equipa marcou primeiro mas não conseguiu manter a vantagem até final. Resultado justo? As decisões do trio de arbitragem tiveram influência no resultado final? Homem-do-Jogo?

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

4º Jornada - U.D.C.B. vs A.C.D. Penedo Gordo (24 Novembro)


A nossa equipa volta a jogar em casa perante os seus adeptos frente à formação do Penedo Gordo. Ambas possuem 6 pontos, embora a nossa equipa tenha menos um jogo. Prognósticos?

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Resumo do Jogo - 3º Jornada - C.P. Neves vs U.D.C.B.

À terceira jornada do campeonato, chegou a vez de nos deslocarmos até Neves para defrontar a equipa local. A equipa encontrava-se motivada após a entrada a ganhar no campeonato e decidida a conquistar mais três pontos.
O terreno de jogo estava bastante castigado pela chuva mas com o sol a aparecer a equipa de arbitragem decidiu que o jogo iria decorrer.

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Luís Martins, Cláudio Ramos, Edgar Carapeto, Miguel Damásio; Pedro Abundância, André Ramos (c), Miguel Ramos; Diogo Ferro, Afonso Santos, Rafael Xavier.

Suplentes: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Pedro Veiga, André Pontes; Bernardo Xavier; Ivo Viriato, Diogo Pimentinha.

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

O inicio de jogo foi bastante aberto com ambas as equipas a tentarem colocar o seu futebol em campo. A nossa equipa conseguiu chegar algumas vezes à área adversária com a ajuda das boas recuperações de bola por parte dos homens da frente. Desta primeira parte destaque para os dois golos marcados pela nossa equipa. Perto dos 25 minutos de jogo Edgar Carapeto aproveita um ressalto de bola resultante da marcação de um canto e já na linha da pequena área bate o guarda-redes adversário (0-1). A nossa equipa continuou a atacar a baliza adversária ao minuto 35 chega ao segundo golo através de Diogo Ferro que corresponde da melhor maneira a um bom passe do meio campo e no frente a frente com o guarda-redes não perdoa (2-0).

Resultado ao Intervalo: 0 - 2 (Edgar Carapeto, Diogo Ferro)

2º Parte

A segunda parte começou com menor intensidade de jogo, as Neves fizeram algumas alterações e ficaram mais fortes a nível do meio campo. Aos 15 minutos da segunda-parte o nosso central vai proteger a bola para ganhar o pontapé de baliza e num contacto a meu ver mais que habitual com o avançado o árbitro apita para a marca de grande penalidade. O capitão das Neves concretiza o penalty e coloca o resultado em (1-2). Com um resultado perigoso a nossa equipa conseguiu dar a volta por cima e continuar a atacar demonstrando maturidade e inconformismo. Após um pontapé de canto a nosso favor a bola é rematada por mim e vai à trave da baliza numa ocasião onde ainda se ouviu "golo" na bancada. Minutos depois Diogo Ferro consegue um bom passe no meio campo e isola Afonso Santos que corre para a baliza e com muita calma desvia a bola do alcance do guarda-redes adversário e mata o jogo com o 1-3. Até ao final destaque para a equipa das Neves que nunca desistiu e ainda viu o árbitro não assinalar um penalty (e mal) quando um dos nossos defesas chega atrasado ao lance e atinge o avançado da casa.


Resultado Final: 1 - 3 (Cristiano; Edgar Carapeto, Diogo Ferro, Afonso Santos)

Homem-do-Jogo:

Afonso Santos (opinião André Ramos)


A equipa está mais uma vez de parabéns após o resultado positivo num campo sempre difícil, onde o estado pesado do pelado prejudicou o futebol de ambas as equipas.





Foto tirada ao campo após o final do jogo.


A nossa equipa alcançou nova vitória, desta vez frente à equipa das Neves num campo difícil e que não se encontrava nas melhores condições dado a chuva que se fez sentir. Bom resultado? O que achou da exibição da equipa?

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

3º Jornada - C.P. Neves vs U.D.C.B. (17 de Novembro)



Após levar de vencida a formação de S. Matias, a nossa equipa enfrenta a primeira deslocação da época onde irá defrontar a equipa das Neves que ainda não somou qualquer ponto. O que espera deste jogo?

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Resumo do Jogo - 2º Jornada - U.D.C.B. vs C.P. São Matias

Após a primeira jornada, onde a nossa equipa ficou isenta, era a nossa vez de começar a época contra a equipa de São Matias que havia registado uma derrota contra o Louredense na primeira jornada.
Um inicio de campeonato algo atípico uma vez que não pudemos contar com 9 jogadores.
De fora ficaram: Rúben Carapeto, Osvaldo Faias, Diogo Pimentinha, Cláudio Ramos, André Ramos, Edgar Carapeto, Pedro dos Reis, Vítor Galvão e Rui Militão. Sendo que dos 9 indisponíveis, 3 cumpriram castigo referente a expulsões no último jogo do campeonato anterior.

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Nuno Grazina (c), André Pontes, Luís Martins, Miguel Damásio; Pedro Abundância, Miguel Ramos, Bernardo Xavier; Afonso Santos, Diogo Ferro, Artur Mira

Suplentes: Pedro Veiga; Mário Neves; Rafael Xavier, Ivo Viriato

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

A primeira parte contou no geral com um ascendente da nossa equipa que a jogar em casa mostrou mais vontade em chegar ao golo. Prova disso foi um remate de Diogo Ferro, após bom entendimento na frente de ataque, onde o guarda-redes forasteiro conseguiu fazer uma boa defesa e a evitar o inaugurar do marcador. A equipa de São Matias tentava sair para o contra-ataque mas a nossa defesa esteve muito concentrada e não permitiu aos adversários criarem verdadeiras situações de golo. Perto do final da primeira parte, e após mais algumas oportunidades para marcar, a nossa equipa chega ao golo através de um livre indirecto, Luis Martins coloca a bola na área, Artur Mira surge rápido e com um bom controlo de bola, "mata" no peito e assiste Afonso Santos para o golo que acabou por dar os 3 pontos à nossa equipa (1-0). Os homens de São Matias reclamaram fora-de-jogo mas nada foi assinalado, quanto a mim bem pois o passe do Artur é feito claramente para trás.

Resultado ao Intervalo: 1 - 0 (Afonso Santos)

2º Parte

Na segunda parte o jogo não foi diferente e a nossa equipa conseguia controlar o jogo a maior parte do tempo no meio campo adversário. O lance de maior perigo da equipa de São Matias surgiu após uma bola bombeada para as costas da defesa, onde um desentendimento entre André Pontes e Daniel Raposo deixou a bola à mercê do avançado do São Matias que não conseguiu rematar à baliza devido à boa recuperação da defesa.

Resultado Final: 1 - 0 (Afonso Santos)

Homem-do-Jogo: Pedro Abundância

Na minha opinião foi uma vitória justa da equipa que mais procurou o golo nos 80 minutos de jogo. Os homens de São Matias protestaram muito no seu banco, sobretudo na segunda parte, num jogo em que os jogadores não entraram em confusões e jogaram o jogo pelo jogo.
O resultado poderias ser mais dilatado mas o mais importante foi conseguido, entrar no campeonato com uma vitória.
Parabéns equipa!

Aproveito para deixar, em nome da equipa, uma palavra ao Rui Militão que está no momento a recuperar após uma cirurgia ao ombro! Força Rui!

A nossa equipa conseguiu entrar da melhor forma no campeonato, conquistando os seus primeiros três pontos. Resultado justo? Boa exibição?

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

2º Jornada - U.D.C.B. vs C.P. São Matias (10 de Novembro)


A nossa equipa ficou isenta na 1º Jornada, sendo que só agora irá iniciar o seu campeonato. Qual espera que seja o desfecho deste jogo?

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Balanço Pré-época 2012/2013

Terminada a pré-época, é hora de realizar um pequeno balanço da mesma. Esta iniciou-se no dia 4 de Setembro e terminou no passado sábado com o jogo UDCB - SC Figueirense. Os resultados foram os seguintes:

UDCB 3 - 0 Dragões Padre Nabeto
Despertar SC (Juniores) 2 - 2 UDCB
UDCB 2 - 0 AC Cuba (I Torneio Triangular do UDCB)
UDCB 1 - 1 Louredense FC (I Torneio Triangular do UDCB)
CP São Matias 3 - 1 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
FC Albernoense 1 - 0 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
GDCP Quintos 0 - 2 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
GDC Neves 1 - 1 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
SC Figueirense 1 - 1 UDCB
UDCB 2 - 0 SC Figueirense

A nossa equipa realizou 10 jogos marcando 15 golos e sofrendo 9. A nossa equipa conseguiu 4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. Relativamente aos marcadores, Rafael Xavier e Artur Mira ocupam o cimo da tabela de marcadores com 3 golos cada um, seguidos do Diogo Ferro, Afonso Santos e Ivo Viriato com 2 golos e do Diogo Pimentinha e do Luís Martins com apenas 1 golo.

A nossa equipa conquistou o I Torneio Triangular realizado pelo Clube mas rubricou uma participação modesta no Troféu Município de Beja onde nos dois anos anteriores tinha obtido um 2º e um 3º lugar.

Qual o balanço que faz desta pré-temporada? Positiva ou negativa?

 

domingo, 28 de outubro de 2012

Resumo do Jogo - U.D.C.B. vs S.C. Figueirense

Num jogo onde ambas as equipas se apresentaram com algumas baixas, sendo que no caso da nossa equipa foram 6 os jogadores que não puderam dar o seu contributo à equipa entre eles Diogo Ferro, Cláudio Ramos, Pedro Reis, Diogo Pimentinha, Vítor Galvão e Rafael Xavier. Desta forma houve a necessidade de apresentar algumas alterações no 11 inicial.

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Luís Martins, André Pontes, Miguel Damásio; André Ramos, Pedro Abundância, Bernardo Xavier, Miguel Ramos; Afonso Santos, Ivo Viriato.

Suplentes: Osvaldo Faias; Pedro Veiga, Edgar Carapeto, Rui Militão, Artur Mira e Mário Neves.

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

As equipas entraram em campo dispostas a treinar com intensidade e sempre à procura das balizas adversárias. Foi uma primeira parte muito dividida onde ambas as equipas conseguiram desenvolver algumas boas jogadas.
O melhor momento da primeira parte nasce de um bom passe do Nuno Grazina a isolar o Ivo Viriato que com a saída do guarda-redes faz o remate para o primeiro golo da tarde(1-0).
O Figueirense tentou responder e conseguiu uma boa oportunidade para empatar a partida. Através de um contra-ataque com muita velocidade, e depois de um cruzamento do seu lado esquerdo, o extremo-direito aparece em frente ao nosso guarda-redes mas acaba por rematar por cima da baliza.

Resultado ao Intervalo: 1 - 0 (Ivo Viriato)

2º Parte

Durante a segunda parte a nossa equipa conseguiu jogar mais na frente e o Figueirense começou a tentar chegar a nossa baliza através de contra-ataques. Conseguimos criar boas oportunidades para marcar, uma delas foi de bola parada com Luís Martins a cabecear após um canto mas com a bola a sair um pouco por cima da barra. O segundo momento da tarde acontece outra vez por intermédio de Ivo Viriato que após outro bom passe a rasgar a defesa, o Ivo consegue levar a melhor no 1 para 1 com o guarda-redes e faz o segundo golo da tarde (2-0). De realçar um lance de perigo junto da nossa baliza quando após um primeiro remate e defesa incompleta do Daniel surge um jogador adversário para a recarga e o Daniel consegue uma segunda defesa quando tudo fazia prever o golo dos forasteiros.

Resultado Final: 2 - 0 (Ivo Viriato, 2)

Foi mais um bom treino por parte da nossa equipa, em que alguns dos jogadores com menos minutos tiveram a oportunidade de se mostrar. Destaque para a boa entre-ajuda durante todo o jogo e para o Ivo Viriato que conseguiu os dois golos da tarde.

Sendo que este foi o último jogo de preparação da equipa, estão reunidas as condições para uma boa época desportiva? Estará a equipa preparada para os "jogos a doer"? O que se pode esperar desta jovem equipa?

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Campeonato Distrital da Inatel de Beja - Grupos

Realizou-se ontem com inicio pelas 19h30 o sorteio correspondente ao Campeonato Distrital da Inatel de Beja. Nesta temporada 2012/2013 serão 47 equipas em competição sendo que deram entrada 8 novas formações. Serão disputados ao todo 479 jogos.

- 1º Fase (Inicio a 3 e 4 de Novembro de 2012 e término a 17 de Fevereiro 2013)
5 grupos de 7 equipas
2 grupos de 6 equipas

Passam à 2º Fase, os primeiros dois classificados e os 6 melhores terceiros. Passam, portanto, 20 equipas.

- 2º Fase (Taça Fundação Inatel)
4 grupos com 5 equipas

Passam os primeiros classificados.

- 2º Fase (Taça Agência de Beja)
3 grupos com 5 equipas
2 grupos com 6 equipas

Passam os primeiros classificados e os três melhores segundos.

Todas as fases serão jogadas a duas voltas!!!

Assim, o sorteio ditou as seguintes séries:

SÉRIE A
Pedrogão do Alentejo
Brinches
Quintos
LUSO Serpense
UAI Ficalho
Sobral D´Adiça
Salvadense
1ª Jornada
UAI Ficalho Vs Salvadense
Quintos Vs Pedrogão
Sobral D´Adiça Vs Brinches
Isento: LUSO Serpense
 
SÉRIE B
AC Cuba
Faro do Alentejo
São Matias
UDC Beringelense
Neves
Penedo Gordo
Louredense
1ª Jornada
São Matias Vs Louredense
Faro do Alentejo Vs Penedo Gordo
Neves Vs AC Cuba
Isento: UDC Beringelense

SÉRIE C
Messejanense
Vale da Oca
Jungeiros
Alvorada
Figueirense
Santa Vitória
Mombeja
1ª Jornada
Messejanense Vs Vale da Oca
Alvorada Vs Figueirense
Jungeiros Vs Mombeja
Isento: Santa Vitória

SÉRIE D
Sete
Albernoense
Sanjoanense
Trindade
Alcariense
Fernandes AC


1ª Jornada
Albernoense Vs Alcariense
Fernandes AC Vs Sete
Trindade Vs Sanjoanense
 
SÉRIE E
Luzianes Gare
Cercalense
Sonega
Colos
Santa Luzia
Relíquias
Amoreiras Gare
1ª Jornada
Cercalense Vs Luzianes
Sonega Vs Colos
Relíquias Vs Santa Luzia
Isento: Amoreiras Gare

SÉRIE F *
Milfontes
Cavaleiro
Malavado
Boavista
Campo Redondo
Sabóia AC
Bemposta
SÉRIE G *
Santaclarense
Pereirense
Naverredondense
Serrano
Santa Clara-a-Nova
Almodovarense
 
 Não possuimos informação sobre a 1º Jornada destas duas séries.

Boa série para a nossa equipa? Quais são os favoritos à passagem em cada série?

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Escalão de Benjamins do U.D.C.B.

É com desagrado que publicamos esta noticia mas é a realidade do clube. No seguimento do post do dia 26 de Julho de 2012 e que pode consultar aqui:

http://udcb.blogspot.pt/2012/07/escaloes-de-formacao-para-20122013.html

Podemos confirmar que a equipa prevista para este escalão para a temporada 2012/2013 não irá avançar na medida em que alguns elementos abandonaram este projecto para ingressar em outros clubes. Posto isto o clube decidiu cancelar a sua participação pois não estavam reunidas as condições que achámos necessárias e essenciais para realizar uma época desportiva neste escalão.

Os projectos desses clubes poderão ser mais aliciantes ou talvez as condições propostas sejam melhores. A nossa realidade é diferente, simples e humilde.

Assim, o U.D.C.B irá apenas possuir a equipa sénior a disputar o Campeonato Distrital de Inatel de Beja. Será para esta equipa que a direcção irá reunir esforços para criar as melhores condições possíveis aos jogadores do plantel.

Há alguns anos para cá que o U.D.C.B. vinha a conseguir apresentar equipas nos escalões de formação nomeadamente em Benjamins e Infantis. Contudo, este ano, esse feito não se conseguiu. Quais os principais motivos a apontar?

domingo, 21 de outubro de 2012

Resumo do Jogo - S.C. Figueirense vs U.D.C.B.

Ontem a nossa equipa realizou mais um jogo de preparação, desta vez no sintético de Ferreira do Alentejo com a formação do S.C. Figueirense. O jogo estava agendado para as 16 horas numa boa tarde para a prática do futebol. De referir que apresentámo-nos com algumas baixas como foi o caso do André Ramos, Cláudio, Luís Martins e Vítor Galvão por indisponibilidade dos mesmos.

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Pedro Veiga, Edgar Carapeto, André Pontes, Rui Militão; Pedro Abundância, Miguel Ramos, Bernardo Xavier, Artur Mira; Afonso Santos, Rafael Xavier.

Suplentes: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Miguel Damásio; Mário Neves, Diogo Ferro, Pedro Reis; Ivo Viriato, Diogo Pimentinha

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

Desde logo se percebeu que a equipa do SC Figueirense melhorou do ano passado para este pois começaram a assentar o seu jogo e controlá-lo. No entanto a nossa equipa foi mais feliz e após alguns contra-ataques perigosos em que infelizmente não conseguimos marcar, eis que surge o primeiro lance que inaugura o marcador. Pedro Veiga realiza um lançamento lateral bastante longo desmarcando Artur Mira que prossegue até à linha de fundo onde cruzando rasteiro serve Rafael Xavier para o primeiro golo da nossa equipa (0 - 1, Minuto 8).
O SC Figueirense não mudou a sua forma de jogar e continuou a tentar chegar á nossa baliza em ataques organizados. Felizmente a bola não estava a chegar próximo da nossa baliza pois mesmo com algumas faltas perigosas da nossa parte os livres eram mal batidos e não criavam muito perigo.

Resultado ao Intervalo: 0 - 1 (Rafael Xavier)

2º Parte

Tínhamos uma estratégia pensada para o jogo e que envolvia um sistema diferente. No entanto, a nossa incapacidade para pressionar o adversário resultou com que voltássemos ao sistema habitual o que equilibrou de alguma forma o jogo pois estamos mais habituados. Por esta altura o jogo era disputado a meio-campo na luta pela posse de bola sendo que os homens do SC Figueirense mostraram-se sempre mais fortes e organizados. 
E como vem acontecendo, (a nossa equipa é bastante simpática para os adversários) após desacerto defensivo, ninguém consegue "tirar" a bola que sobra para um jogador do SC Figueirense que com espaço perto da linha da grande área remata para o fundo da nossa baliza. 
(1 - 1, 10 Minutos)
A partir deste momento a nossa equipa começou a jogar um futebol mais feio mas talvez mais perigoso com sucessivos lançamentos longos para os recém entrados Diogo Pimentinha e Ivo Viriato.
Nos 5 minutos finais, a nossa equipa recupera a bola no meio campo adversário solicitando Nuno Grazina na faixa direita, este cruzou para Diogo Ferro que rematou para defesa apertada do Garda-Redes adversário para a frente com Artur Mira a aproveitar e a encostar para o fundo da baliza. Contudo o golo não foi válido com o árbitro auxiliar a assinalar fora-de-jogo. Decisão duvidosa pois o Artur parece-nos estar atrás de pelos menos 2 defesas do SC Figueirense.
Num lance anterior os homens de Figueira de Cavaleiros pediram penalty por falta de Miguel Damásio mas o árbitro mandou seguir.

Resultado Final: 1 - 1

O SC Figueirense demonstrou ser um adversário organizado e que com algumas caras novas apresentou uma equipa capaz de bom futebol e resultados. As condições que possuem agora também lhes permitem trabalhar de outra forma e com mais qualidade.
Agradecemos este jogo de treino esperando pelo próximo fim de semana para novo embate.

Resultado Justo? De que forma os jogadores indisponíveis podem afectar o rendimento da equipa sendo que são jogadores importantes?

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Resumo da 2º Fase do Troféu Município de Beja

No passado sábado a nossa equipa deslocou-se até Beja, mais propriamente ao campo de jogos do Bairro da Conceição para disputar a 2º Fase do Troféu Município de Beja. Os jogos tiverem inicio à hora estipulada e desta vez houve a presença do trio de arbitragem para fazer valer as regras de um jogo de futebol.

1º Jogo - UDC Beringelense vs GDCP Quintos

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Nuno Grazina, Luís Martins, André Pontes, Miguel Damásio; André Ramos, Miguel Ramos, Bernardo Xavier; Diogo Ferro, Afonso Santos, Rafael Xavier.

Suplentes: Daniel Raposo; Pedro Veiga, Edgar Carapeto, Cláudio Ramos, Rui Militão; Pedro Abundância, Mário Neves; Ivo Viriato, Artur Mira, Diogo Pimentinha

Treinador: Tiago Borges

Durante a primeira parte a nossa equipa tentou chegar à baliza adversária mas nunca conseguiu praticar um bom futebol. O pouco tempo de jogo útil também foi um factor que levou ao pouco futebol jogado.
Na segunda parte e já com Artur Mira em campo, entrámos melhor. Após um lançamento lateral, Artur Mira consegue desembaraçar-se da defesa adversária e faz um cruzamento rasteiro onde aparece Afonso Santos para abrir o marcador (1-0).  O Afonso acabou por bisar quando após desmarcado, através de um passe longo, faz um chapéu ao guarda-redes adversário (2-0). 
Passados poucos minutos o jogo acabava com o Afonso Santos a ser figura de destaque.

Resultado Final: 2 - 0 (Afonso Santos, 2)

2º Jogo - GDC Neves vs Louredense FC

Jogo com maior ascendente do Louredense e onde o Neves procurou jogar em contra-ataque. O volume de jogo do Louredense permitiu criar oportunidades suficientes para marcar mas a falta de eficácia dos jogadores era notória sendo a perdida de Sérgio Maximino a mais clamorosa na nossa opinião. Num dos vários contra-ataques executados pelo adversário, este chega ao golo com Luís Paulo a receber e a jogar largo no companheiro, finalizando com o joelho o cruzamento do companheiro de equipa.

 Resultado Final: 1 - 0 (Luís Paulo)

3º Jogo - GDCP Quintos vs Louredense FC (9º e 10º lugares)

Novamente aqui o Louredense entrou melhor e controlou o jogo a seu belo prazer. Numa das várias jogadas a bola chega a Will e o jovem não perdoou com o remate certeiro. Por outro lado, surgiram algumas jogadas de aflição na defensiva e o Quintos poderia ter aproveitado. Ganhou a equipa que fez mais por merecer.

Resultado Final: 0 - 1 (Will)

4º Jogo - GDC Neves vs UDC Beringelense (7º e 8º lugares)

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Luís Martins, Edgar Carapeto, Cláudio Ramos, Rui Militão; Pedro Abundância, André Ramos, Miguel Ramos, Diogo Ferro; Afonso Santos, Artur Mira.

Suplentes: Osvaldo Faias; Pedro Veiga, Nuno Grazina, André Pontes, Miguel Damásio; Bernardo Xavier, Mário Neves; Ivo Viriato,  Diogo Pimentinha, Rafael Xavier

Treinador: Tiago Borges

A nossa equipa dominou durante a maior parte do jogo, jogou melhor do que no jogo anterior e marcou mais cedo. Desta vez, ainda durante a primeira parte, Artur Mira inaugura o marcador ao realizar um bonito chapéu ao guarda-redes (1-0).
A nossa equipa relaxou no jogo depois do golo e já perto do final sofreu um golo após um erro defensivo e assim a equipa das Neves levou o jogo para penaltys. Na lotaria dos penaltys a nossa equipa acabou por ser infeliz e assim perdeu o jogo.

Resultado Final: 1 - 1 ( 4 -3 nas g.p.) (Luís Paulo; Artur Mira)


No próximo fim de semana, a equipa desloca-se até Ferreira do Alentejo para defrontar o SC Figueirense em mais um jogo de preparação. Quais devem ser os objectivos para este jogo?

terça-feira, 9 de outubro de 2012

XII Edição Troféu Município de Beja - 2º Fase

Grupo A - 1º ao 3º lugar
Completo Desportivo Fernando Mamede (Relvado Natural)

15 H: FC Albernoense vs CDR Salvadense
16 H: FC Albernoense vs CCD Trindade
17 H: CDR Salvadense vs CCD Trindade

Grupo B - 4º ao 6º lugar
Complexto Desportivo Fernando Mamede (Sintético 1)

15 H: ACD Penedo Gordo vs GDC Mombeja
16 H: ACD Penedo Gordo vs CP São Matias
17 H: GDC Mombeja vs CP São Matias

Grupo C - 7º ao 10º lugar
Instalações Desportivas - Bairro Nossa Senhora da Conceição

14H30: UDC Beringelense vs CDCP Quintos
15H30: GDC Neves vs Louredense FC
16H30: Vencido do jogo 1 vs Vencido do jogo 2
17H30: Vencedor do jogo 1 vs Vencedor do jogo 2


Sendo que a participação na 1º fase ficou muito aquém das expectativas o que se espera da equipa nesta 2º fase?

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Resumo da 1º Fase do Troféu Município de Beja

No Sábado passado a nossa equipa deslocou-se a São Matias para disputar a primeira fase do 
XII Edição Troféu Município de Beja. Os jogos tiveram inicio às 14.30 e começaram com um percalço, uma vez que os árbitros seleccionados para o torneio não compareceram em nenhum dos campos.
Os árbitros foram então simpatizantes dos clubes que iriam disputar os jogos. Os jogos foram de 40 minutos com troca de campo aos 20min.

1º Jogo -São Matias vs UDCB

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Edgar Carapeto, Luís Martins, Rui Militão; André Ramos, Pedro Abundância, Diogo Ferro; Vítor Galvão, Artur Mira e Rafael Xavier. 

Suplentes: Osvaldo Faias, Bernardo Xavier, Miguel Ramos, Afonso Santos, Ivo Viriato, Diogo Pimentinha, Pedro Veiga e André Pontes.

Treinador: Tiago Borges

A nossa equipa entrou confiante em campo e conseguiu desenvolver algumas jogadas junto à área da equipa adversária. Mas talvez com um pouco de excesso de confiança foi a equipa visitada que acabou por marcar numa jogada de contra-ataque em que o avançado Lixa consegue ultrapassar o nosso central e rematar em arco inaugurando assim o marcador. (1-0) A nossa equipa não baixou os braços e logo após o intervalo, através da marcação de um penalty (bem assinalado por mão do defesa de São Matias), Diogo Ferro coloca o resultado em 1-1.  Continuámos a pressionar mas a equipa visitada chegou novamente ao golo poucos minutos passados do empate. Mais uma vez o avançado Lixa consegue através de um lançamento longo aparecer nas costas da nossa defesa e cabecear para o 2-1.  Foi um rude golpe para a nossa equipa que a meu ver estava melhor no jogo e assim continuou até ao final. Devido à possibilidade de haver substituições ilimitadas o treinador do São Matias começou a fazer subtituições de 2 em 2 minutos e com isso diminui em muito o tempo de jogo jogado. Apesar disso ainda tivemos algumas boas oportunidades para marcar mas acabou mais uma vez por ser o São Matias a marcar num penalty a fechar o jogo (3-1).

Nos penaltys a nossa equipa acabou por sair vencedora.

Resultado Final: 3-1

2º Jogo - São Matias vs Albernoense

O São Matias entrou melhor na partida e chegou primeiro ao golo. A equipa do Albernoense não se deu por vencida e com um futebol mais esclarecido conseguiu ainda chegar ao empate. (1-1)

Resultado Final: 1-1

3º Jogo - UDCB vs Albernoense

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Nuno Grazina, André Pontes, Luís Martins, Rui Militão; André Ramos, Miguel Ramos, Bernardo Xavier,Diogo Ferro; Vítor Galvão, Ivo Viriato

Suplentes: ; Daniel Raposo; Pedro Abundância, Afonso Santos, Diogo Pimentinha, Edgar Carapeto, Pedro Veiga, Rafael Xavier e Artur Mira.

Treinador: Tiago Borges

Foi um jogo bastante equilibrado, em que na minha opinião a nossa equipa voltou a criar mais oportunidades que o adversário. Corremos, lutámos, jogámos mas infelizmente na única vez que a nossa defesa falhou, a cerca de 10 minutos do final, o Albernoense chegou ao golo. Os nossos centrais não se entenderam com o guarda-redes e a bola acabou a ressaltar para um jogador do Albernoense que encostou a bola para dentro da nossa baliza (0-1)

Resultado Final: 0 - 1

Classificação do Torneio
1º Lugar: Albernoense
2º Lugar: São Matias
3º Lugar: UDCB


Um Sábado amargo para a nossa equipa que lutou bastante mas não conseguiu conquistar qualquer ponto. Um dia a não esquecer para todos nós pois foi por culpa nossa que não conseguimos ganhar nenhum dos dois jogos. 

Parabéns ao Albernoense pelo primeiro lugar.

Classificação justa tendo em conta o que a equipa produziu? Quais os principais erros a apontar?

terça-feira, 2 de outubro de 2012

XII Edição Troféu Município de Beja

Realizou-se na passada Segunda-Feira, dia 24 de Setembro pelas 18 horas a reunião referente à XII Edição do Troféu Município de Beja. Visto que os aspectos relacionados com o torneio como o regulamento, por exemplo, já estão definidos de ano para ano apenas necessitando de pequenos reajustes procedeu-se rapidamente ao sorteio dos respectivos locais e grupos do torneio. Assim, o sorteio ditou:

Grupo 1 (São Matias)
São Matias
UDCB
Albernoense

14h30 - São Matias vs UDCB
15h30 - São Matias vs Albernoense
16h30 - UDCB vs Albernoense

Grupo 2 (Neves)
Neves
Louredense
Penedo Gordo
Salvadense

14h - Louredense vs Salvadense (1)
15h - Neves vs Penedo Gordo (2)
16h - Vencido 1 vs Vencido 2
17h - Vencedor 1 vs Vencedor 2

Grupo 3 (Mombeja)
Mombeja
Quintos
Trindade

14h30 - Mombeja vs Quintos
15h30 - Mombeja vs Trindade
16h30 - Quintos vs Trindade

Esta 1º Fase do torneio terá lugar no dia 6 de Outubro com a 2º Fase a ser disputada no dia 13 de Outubro em locais a designar.
De referir que os jogos terão a duração de 40 minutos (20+20 com troca de campo).
Disputam os três primeiros lugares, os vencedores dos três grupos. Quanto ao 4º, 5º e 6º lugares da segunda fase, estes irão ser disputados pelos 2ºs classificados. Os outros clubes irão disputar os restantes lugares da classificação final do torneio.


Bom sorteio para o UDCB? Quais as expectativas?

domingo, 30 de setembro de 2012

Resumo do I Torneio Triangular da UDCB

Realizou-se ontem com inicio pelas 15h30 o I Torneio Triangular da UDCB onde participaram a AC Cuba e o Louredense FC além do anfitrião UDCB.
Este torneio serviu também para apresentar a equipa que irá defender as cores do nosso clube nesta temporada desportiva.

1º Jogo - AC Cuba vs Louredense FC

Foi um jogo dividido mas com claro ascendente para a equipa do Louredense FC que demonstrou melhor futebol, conseguindo por vezes chegar à baliza adversária onde acertou no poste por uma vez e colocando à prova o guardião da AC Cuba por outras. Por outro lado, a formação da AC Cuba tentava em contra-ataque criar algum perigo mas sem sucesso.
Após o tempo regulamentar, o Louredense FC acabou por ser mais forte e ganhou na sequência das grandes penalidades.

Resultado Final: 0 - 0

2º Jogo - UDCB vs AC Cuba

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Nuno Grazina, Edgar Carapeto, Luís Martins, Miguel Damásio; André Ramos, Miguel Ramos, Diogo Ferro; Vítor Galvão, Afonso Santos, Artur Mira.

Suplentes: Daniel Raposo; Rui Militão, Pedro Reis; Pedro Abundância, Bernardo Xavier, Mário Neves; Ivo Viriato, Diogo Pimentinha, Rafael Xavier.

Treinador: Tiago Borges

A nossa equipa entrou bem no jogo e ao minuto 4 consegue inaugurar o marcador (1 - 0) por Artur Mira que recebendo a bola, em jogada individual entra na área adversária e desviou para o fundo das redes. A nossa equipa dominava e criou várias oportunidades para ampliar o marcador devido à pressão que a nossa equipa realizava e aos erros defensivos cometidos pelo adversário. Num desses lances o central não consegue sacudir com Artur Mira a roubar-lhe a bola, este entra na área  rematando ás malhas laterais. Desta vez má opção pois Afonso Santos encontrava-se livre de marcação e em melhor posição de finalizar.
Minutos depois a nossa equipa chegou ao 2 - 0 novamente por intermédio de Artur Mira que após jogada colectiva teve tempo para receber frente a frente com o Guarda-Redes e preparar o remate da melhor forma.
A partir deste momento a formação da AC Cuba conseguiu equilibrar o jogo e com algumas substituições colocou mais homens na ofensiva conseguindo um conjunto de remates sendo que num deles obrigou Osvaldo Faias à defesa da tarde num voo sensacional.

Resultado Final: 2 - 0

3º Jogo - UDCB vs Louredense FC

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Nuno Grazina, Edgar Carapeto, Luís Martins, Rui Militão; Pedro Abundância, Miguel Ramos, Diogo Ferro; Vítor Galvão, Artur Mira, Ivo Viriato

Suplentes: Osvaldo Faias; Pedro Reis, Miguel Damásio; André Ramos, Bernardo Xavier, Mário Neves; Afonso Santos, Diogo Pimentinha, Rafael Xavier.

Treinador: Tiago Borges

Sabíamos que seria um jogo mais difícil que o anterior e que apenas necessitaríamos de um empate para conquistar este torneio. Num entanto a nossa mentalidade e atitude não mudou de um jogo para outro e tentámos desde logo lutar pela vitória. O Louredense FC demonstrou ser um adversário forte, organizado e que sabe o que faz em campo.
Sendo que não houve ocasiões de maior apenas destacar o golo do Louredense FC perto da meia hora de jogo após um canto onde Diogo Baía aparece para finalizar de cabeça após passividade dos nossos jogadores (0 - 1).
A partir deste momento, o jogo mudou de figura: o Louredense FC não mais se preocupou em conseguir o 0 - 2 muito pelo contrário, tentou ao máximo e de diversas formas evitar o golo do empate.
A nossa equipa balanceou-se no ataque e passou a jogar em igualdade numérica na defensiva sendo que foi premiada com o golo do empate aos 42 minutos através de um livre marcado por Luís Martins que sofrendo um desvio do jogador do Louredense FC enganou o Guarda-Redes (1 - 1).

Resultado Final: 1 - 1

Classificação do Torneio
1º Lugar: UDCB
2º Lugar: Louredense FC
3º Lugar: AC Cuba

Obrigado ao Louredense FC, à AC Cuba e ao trio de arbitragem pela disponibilidade para realizar este torneio.
Obrigado também ao Ricardo e à Sofia Borges pelo registo fotográfico deste I Torneio da UDCB.

Vencedor justo do Torneio? Será o ponto de partida para uma boa temporada desportiva?

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

I Torneio de Futebol da U.D.C.B. - 29 Setembro - Adversários Conhecidos

Estamos em condições de avançar os adversários para o I Torneio de Futebol da U.D.C.B. que se irá disputar no Campo dos Unidos em Beringel no dia 29 de Setembro. Após a formalização dos convites e consequente resposta positiva dos clubes em questão, os clubes que irão disputar este Torneio juntamente com o anfitrião U.D.C.B. são:

- A.C. Cuba;
- Louredense F.C.

Calendarização do Torneio
15H30 - A.C. Cuba vs Louredense F.C.
16H30 - Apresentação do plantel aos sócios e simpatizantes
17H - U.D.C.B. vs Louredense F.C.
18H - U.D.C.B. vs A.C. Cuba

Cada jogo terá a duração de 45 minutos, sendo convertidas 3 grandes penalidades por equipa para efeitos de desempate no final do tempo regulamentar.


Deve o clube continuar com tais iniciativas nos próximos anos? Prognósticos do Torneio: Quem sairá vencedor?

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Resumo do Jogo - Despertar S.C. (Juniores) vs U.D.C.B.

Dado o calor que se fazia sentir, as equipas acordaram dividir o jogo-treino em três partes de 30 minutos para que os jogadores se pudessem refrescar devidamente.
Este foi o 2º jogo da época para a nossa equipa, sendo que os objectivos traçados foram semelhantes aos do jogo anterior: entrosar os novos elementos com os seus companheiros e melhorar aspectos relacionados com o jogo em si.

Equipa Inicial: Osvaldo Faias; Luís Martins, Edgar Carapeto, Cláudio Ramos, Miguel Damásio; André Ramos, Miguel Ramos, Bernardo Xavier; Diogo Ferro, Rafael Xavier, Ivo Viriato.

Suplentes: Daniel Raposo; Rui Militão, André Pontes, Nuno Grazina, Pedro Veiga; Pedro Abundância, Mário Neves; Afonso Santos, Diogo Pimentinha.

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

A primeira parte começou com um ligeiro ascendente da nossa equipa conseguindo chegar à área adversária com alguma facilidade mas com pouco perigo na medida em que não conseguimos alvejar a baliza do Despertar.
Momentos depois a equipa do Despertar conseguiu assumir o jogo e com momentos de bom futebol protagonizou 2 ou 3 lances em que poderia ter marcado não fosse a finalização desastrosa de alguns elementos bem como alguns cortes da nossa linha defensiva.
Todavia o Despertar consegue o golo perto do final desta parte após uma boa jogada pela esquerda com o jogador do Despertar a flectir para o meio que com a passividade da nossa defensiva consegue inaugurar o marcador.

Resultado: 1 - 0

2º Parte

A segunda parte começou dividida mas talvez com maior ascendente da equipa da casa que continuou com mais posse de bola sendo que a nossa equipa tentava sair em contra-ataque. De referir que sensivelmente a meio desta parte começaram a surgir as substituições de cada lado dado o cansaço dos jogadores muito por culpa do calor que se fazia sentir.
O Despertar chega novamente ao golo após desatenção da nossa defesa que permite uma desmarcação espectacular do jogador do Despertar que com um toque subtil, faz um "chapéu" ao guarda-redes enviando a bola para o fundo da baliza.
A nossa equipa tentou reagir mas não conseguiu reduzir o marcador até novo intervalo.

Resultado: 2 - 0

3º Parte

Nesta parte e passados alguns minutos a história do jogo mudou. Por um lado, o desacerto e desconcentração da equipa adversária que fez com que a qualidade do seu futebol caísse; Por  outro lado, a nossa equipa conseguiu assentar de novo o seu jogo e começou a chegar com perigo à área adversária.
Os sucessivos ataques da nossa equipa resultaram em livres e cantos que criaram bastante perigo e resultando em golos: 
- Num livre batido por Mário Neves, o guarda-redes do Despertar consegue tocar para fora evitando assim o golo.
- Canto à direita com a defesa do Despertar a tirar a bola para a entrada da área onde aparece Nuno Grazina que em zona frontal remata para a baliza com Diogo Pimentinha a desviar para o fundo das redes.
- Canto novamente à direita com a defesa do Despertar a não conseguir sacudir da sua área e na confusão, Luís Martins com um bom remate a fazer o 2º golo da nossa equipa.

Resultado Final: 2 - 2

Obrigado à equipa de Juniores do Despertar pela possibilidade de realizar este jogo treino. Boa sorte para a época desportiva.

Obrigado ao Dinis Gorjão e colegas pela arbitragem. Boa sorte para a vossa época também!

Fotos: http://www.facebook.com/media/set/?set=a.420533321342604.101666.100001578208715&type=1 - Obrigado ao Ricardo Borges

Resultado Justo? Destaques da Partida?

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Pedro Abundância é o 6º reforço 2012/2013

Pedro Abundância é o mais recente reforço para a equipa sénior do U.D.C.B. Tem 27 anos e é natural de Cuba. É um jogador com experiência e que vem colmatar uma das lacunas identificadas no plantel. Foi um jogador que convenceu os responsáveis através da disponibilidade e qualidade evidenciada.
Para além disso é um jogador conhecido por grande parte dos elementos da equipa, sendo fácil a sua adaptação.
Desejamos desta forma a maior sorte ao Pedro e que nos ajude a alcançar os objectivos propostos.


B.I. do Jogador
Nome: Pedro Abundância
Idade: 27 anos
Posição: Médio
Pé: Direito
Ex. Clube: Sem Clube

Tendo em conta que se trata de um plantel jovem, a contratação do Pedro vem de alguma forma incutir experiência à equipa permitindo que este ajude os mais jovens? Boa aposta?

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Resumo do Jogo - U.D.C.B. vs Dragões Padre Nabeto

No passado Sábado a nossa equipa defrontou uma equipa da zona de Setúbal que apesar de não participar em nenhuma competição oficial, já conta com alguns anos de existência.
Foi o nosso primeiro jogo na pré-época, e o objectivo deste jogo passou por dar tempo de jogo aos nossos jogadores e integrar os novos membros da equipa no grupo.

Equipa Inicial: Daniel Raposo; Pedro Veiga, Edgar Carapeto, André Pontes, Miguel Damásio; André Ramos, Miguel Ramos, Bernardo Xavier; Nuno Grazina, Diogo Ferro, Ivo Viriato.

Suplentes: Osvaldo Faias; Luís Martins, Rui Militão; Pedro Reis, Pedro Abundância; Diogo Pimentinha, Afonso Santos, Rafael Xavier.

Treinador: Tiago Borges

1º Parte

O tempo quente que se registava fazia prever um jogo duro para os jogadores que estão longe da sua melhor forma física e assim foi. Durante a primeira parte a nossa equipa correu muito devido sobretudo à falta de organização ainda registada, conseguimos evitar que a equipa adversária coloca-se o nosso guarda-redes em perigo, devido ao empenho demonstrado por cada jogador.
Por outro lado conseguimos chegar à baliza adversária mas o cansaço e a falta de entrosamento entre o meio-campo e o ataque não nos permitiu chegar ao golo. O lance mais perigoso da primeira parte surge após um canto marcado pelo Pedro Veiga seguido de um bom cabeceamento do Edgar ao qual se opôs o guarda-redes adversário com uma boa defesa.

Resultado ao Intervalo: 0 - 0

2º Parte

Entrámos bem,  após 5 minutos do recomeço da partida o Rafael consegue ganhar a linha de fundo e cruza rasteiro para a zona do penalty, o Diogo surge em boa situação para marcar mas o defesa conseguiu atrapalhar o suficiente para não permitir que o nosso extremo fizesse o gosto ao pé. Continuámos em busca do golo e cerca dos 10 minutos da segunda parte o Diogo Ferro desmarca o Rafael que aparece na cara do guarda-redes e com calma desvia a bola do guarda redes colocando a nossa equipa em vantagem no marcador (1-0). O jogo abriu um pouco, também devido às substituições e ao cansaço das equipas e à passagem do minuto 30, o Diogo Ferro após passar por 2 jogadores adversários na zona do meio campo faz um remate do" meio da rua" e consegue bater o guarda-redes, que a meu ver podia ter feito mais para evitar o 2-0. Perto do final da partida o Rafael volta a conseguir um bom movimento e aparece em situação de golo e desta vez, com o pé esquerdo faz o terceiro da partida (3-0). Poucos minutos depois o árbitro dava o jogo/treino por terminado.

Resultado Final: 3 - 0


Foi um bom treino da nossa equipa, contra uma equipa que sabe jogar futebol e que tentou sempre jogar um futebol positivo. A meu ver, o objectivo principal para este jogo foi alcançado, toda a equipa correu muito e tentámos, nem sempre com grande discernimento atacar a baliza adversária. No final do treino o convívio foi  saudável e terminou com um lanche que serviu para fortalecer o grupo e agradecer à equipa adversária o treino.

Aproveito para deixar os parabéns aos novos jogadores que mostraram que têm vontade e capacidade para fazer parte do nosso grupo. A título mais individual o destaque vai para o Rafael que marcou dois golos e deixou bons apontamentos.


Obrigado ao pessoal de Setúbal pelo bom treino.


André Ramos


Resultado Justo? Destaques da Partida?

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

U.D.C.B. vs Dragões Padre Nabeto (15 Setembro)


Sendo o 1º jogo da pré-época, qual deverá ser o principal objectivo do mesmo? Qual deve ser a equipa titular? Resultado final?

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Jogos de Preparação

O U.D.C.B. tem o prazer de informar, até ao momento, os jogos de preparação agendados da equipa sénior.

Assim e como vem sendo hábito iremos receber pela terceira vez em três anos a equipa proveniente de Setúbal, Dragões Padre Nabeto, no dia 15 de Setembro; De seguida, iremos deslocar-nos até Beja para defrontarmos a equipa de Juniores do Despertar, no dia 22 de Setembro; No fim de semana seguinte, está agendado um Torneio Triangular com formações ainda a designar, com o intuito de realizar a apresentação da equipa aos sócios e simpatizantes; Finalizando, no dia 6 de Outubro temos agendado um jogo de preparação frente à equipa de Albernoa.
Esta será a 1º fase da preparação e logo que haja mais novidades serão aqui postadas.

Agenda:
15 Setembro, 16h00 - U.D.C.B. vs Dragões Padre Nabeto
22 Setembro, 16h00 - Despertar SC (Jun) vs U.D.C.B.
29 Setembro, 16h00 - Torneio Triangular (Apresentação ao Sócios)
06 Outubro, 16h00 - FC Albernoense vs U.D.C.B.

Os adversários são adequados? Deveriam ser feitos mais jogos de preparação?

sábado, 25 de agosto de 2012

Festas de Beringel 2012

O U.D.C.B. tem o prazer de anunciar o cartaz oficial das Festas de Beringel 2012, em Honra de Nossa Senhora da Conceição. O programa é o seguinte:

Sexta-Feira, 7 Setembro

Noite No Stop
21h00 - Início das Festas
22h00 - Baile com Ruben Baião e Ricardo Glória
00h00 - Tourada Nocturna
Continuação do Baile

Sábado, 8 Setembro

09h00 - Passeio Equestre
17h30 - Tourada Alentejana
22h00 - Baile com Duo Sensações
01h00 - Actuação da Artista Quina Barreiros
02h00 - Continuação do Baile

Domingo, 9 Setembro

08h30 - Passeio de Cicloturismo
11h30 - Missa em honra de Nª. Sª. da Conceição
18h00 - Procissão em honra de Nª. Sª. da Conceição, acompanhada pela Banda Filarmónica Capricho Bejense
22h00 - Baile com João Paulo Cavaco

Segunda-Feira, 10 Setembro

18h00 - Tourada Alentejana

O U.D.C.B. deseja a todos umas óptimas festividades. Aqui fica o cartaz oficial das Festas de Beringel 2012!


Nota: Aos interessados é possível adquirir um cartão que dá acesso a todos os dias da festas por apenas 10 euros. EDIT: Não se trata de um cartão mas sim de uma pulseira!

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Inicio dos Trabalhos 2012/2013

Após um encontro com as pessoas responsáveis, estamos em condições de avançar que o inicio dos trabalhos para a próxima época está marcado para o dia 4 de Setembro pelas 19 horas no Campo dos Unidos.

Este primeiro treino terá uma duração de aproximadamente 1 hora e 30 minutos e será aberto a possíveis interessados.

Para além do treino, este primeiro momento servirá para limar algumas arestas sobre alguns assuntos importantes no normal funcionamento de um Clube.

O U.D.C.B. está, nesta primeira fase de pré-época, receptivo a encontros amigáveis de preparação para os seguintes dias:
- 15 Setembro (Sábado)
- 22 Setembro (Sábado)
- 29 Setembro (Sábado)

Aos possíveis interessados é favor deixar um comentário com as informações pertinentes e o seu contacto.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Luís Martins é o 5º reforço confirmado!

Luís Martins é o mais recente reforço da equipa sénior para a próxima temporada. É mais um jovem, tem 20 anos e é natural de Cuba onde fez toda a sua formação disputando alguns nacionais.
Foi um jogador que após o primeiro contacto, mostrou receptividade e vontade de integrar a equipa e nos últimos dias ficou confirmado. É um jogador rápido, agressivo e polivalente já que poderá desempenhar qualquer função da linha defensiva com eficiência.
Será muito bem recebido no seio da equipa, visto que a maioria do plantel já o conhece.
Desejamos boa sorte ao Luís, nesta sua nova aventura e que nos ajude a alcançar os objectivos pretendidos!

 B.I. do Jogador

Nome: Luís Martins
Idade: 20 anos
Posição: Defesa
Pé: Direito:
Ex. Clube: SC Cuba
Após 4 jogadores assegurados, todos naturais de Beringel, eis que chega o 1º reforço designado "de fora". Boa opção? Deve o clube apostar também em alguns jovens "de fora"?

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Escalões de Formação para 2012/2013

Depois de uma análise cuidada sobre esta temática, o U.D.C.B. decidiu apenas formar uma equipa no escalão de Benjamins para a próxima época desportiva, terminando com o escalão de Infantis. Tal decisão prende-se principalmente com dois factores que podemos enumerar:
- Custos dos transportes em possuir mais do que uma equipa jovem;
- Falta de jovens jogadores da localidade para formação da equipa (na época passada apenas 2/3 eram de Beringel);

Francisco Rosa será o treinador desta equipa. Quanto ao plantel, será certamente formado por jovens da localidade e apresentado assim que esteja definido.

Nunca é bom terminar com um escalão de formação, pois a formação é o futuro. No entanto, na actual conjuntura económica é necessário tomar decisões coerentes para não pôr em causa as finanças de um clube. Boa decisão? Ou havia outra solução?

segunda-feira, 23 de julho de 2012

André Pontes confirmado para a próxima época

O 4º reforço para a próxima temporada está confirmado. Trata-se de André Pontes, jogador também ele natural de Beringel. Tem 18 anos e na última temporada esteve ao serviço da equipa de juniores do CD Beja.
Trata-se de um regresso pois este jogador já havia representado o clube nas camadas jovens antes de rumar ao SC Cuba e posteriormente ao CD Beja.
É um defesa-central de raiz mas que também poderá desempenhar funções na laterais, se assim for necessário. A sua vinda reforça um sector que embora forte e com qualidade, pecava em termos de alternativas/soluções.
Certamente que irá dar mais competitividade a este sector e que irá trabalhar para merecer um lugar na equipa inicial.


B.I. do Jogador

Nome: André Pontes
Idade: 18 anos
Posição: Defesa
Pé: Direito
Ex. Clube: CD Beja

Boa contratação? Sendo o 4º reforço confirmado e todos eles com idades entre os 17 e 19 anos, é esta a filosofia a seguir para garantir resultados num futuro próximo?

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Rafael Xavier no U.D.C.B.

Também com um passado ligado à formação do Beringelense, Rafael Xavier abandonou o futebol para se dedicar a outra modalidade e à sua vida estudantil. Tem 19 anos e mede sensivelmente 1,94 metros. É mais um jovem natural de Beringel que se mostrou receptivo ao convite que lhe foi endereçado e que assim regressa para ajudar a equipa da sua localidade.


B.I. do Jogador

Nome: Rafael Xavier
Idade: 19 anos
Posição: Avançado
Pé: Direito
Ex Clube: Sem Clube

Bom Reforço? Sendo que já conta com 3 reforços, quantos mais jogadores deve o clube assegurar? Quantos elementos deverão formar o plantel?

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Daniel Raposo reforça U.D.C.B


Natural de Beringel, Daniel Raposo é um jovem de 19 anos que também iniciou a sua formação no U.D.C.B, tendo depois representado o CD Beja e o SC Cuba, este último até ao ano passado, na 1º Divisão Distrital. É Guarda-Redes e irá trazer ainda maior competitividade a esta posição.


Era um jogador referenciado desde a época passada mas que decidiu tentar a sua sorte em outros voos. Volta agora a uma casa que bem conhece para disputar a posição de Guarda-Redes com o Rúben e o Osvaldo. Está, desta forma, apresentado o 2º reforço para a época 2012/2013.

B.I. do Jogador

Nome: Daniel Raposo
Idade: 19 anos
Posição: Guarda-Redes
Pé: Esquerdo
Ex. Clube: SC Cuba

Bom reforço? Com a chegada do Daniel, quem deverá ser o Guarda-Redes da equipa? Que outras posições deveriam ser reforçadas?

terça-feira, 10 de julho de 2012

Bernardo Xavier é o 1º reforço para a época 2012/2013


Na sequência da política de contratações implementada no nosso clube podemos avançar que o jovem de 17 anos, completos ontem (Parabéns!!), Bernardo Xavier é o 1º reforço confirmado para a equipa sénior para a próxima época.
É um jogador que iniciou a sua formação no nosso clube tendo ingressado no Despertar no escalão de Iniciados.
É um jogador alto, forte e que pode desempenhar várias posições a meio-campo. Será certamente uma boa adição para a equipa e que irá lutar por um lugar com empenho e dedicação.

                                                                          B.I. do Jogador 

Nome: Bernardo Xavier 
Idade: 17 anos 
Posição: Médio 
Pé: Direito 
Ex. Clube: Despertar SC


Bom Reforço? O Clube deve continuar a apostar nos jovens da terra, ou pelo contrário, deve procurar soluções fora? Que outros sectores devem ser reforçados?

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Época 2012/2013

     Após a Assembleia Geral do Clube no passado dia 18 de Junho, o Presidente João Baião, reeleito por mais um ano iniciou desde logo o trabalho no sentido de analisar, avaliar e preparar a próxima época desportiva do clube.
Neste sentido o Treinador Tiago Borges irá continuar no comando da equipa Sénior dando assim seguimento ao trabalho desenvolvido nos últimos dois anos.
Em relação à equipa técnica, a saída de António Baião é um dado adquirido alegando motivos pessoais para a sua saída. Para o seu lugar, estão a ser ponderadas algumas alternativas mas será certamente alguém que já conhece o dia-a-dia do clube, conhece os jogadores e que esteve nestes últimos tempos em contacto directo com a equipa. Este nome será confirmado no momento certo.
Quanto ao plantel, são 18 os jogadores que irão permanecer no clube entre eles:
·         Guarda-Redes: Rúben Carapeto, Osvaldo Faias
·         Defesas: Nuno Grazina, Pedro Veiga, Edgar Carapeto *, Cláudio Ramos, Rui Militão, Pedro Reis *
·         Médios: André Ramos, Miguel Ramos, Mário Neves, Diogo Ferro
·         Avançados: Vítor Galvão, Afonso Santos, Ivo Viriato, Diogo Pimentinha, Miguel Damásio, Artur Mira

* A sua permanência depende de motivos profissionais.

Quanto às saídas do plantel, registaram-se 4 entre elas:
·         José Raposo
·         Ricardo Borges
·         Marco Dias
·         Sérgio Reis
      A estes, o nosso obrigado pelos serviços prestados.

Relativamente a reforços, alguns jogadores já estão referenciados bem como outros que ainda estão a ser equacionados/analisados. Nos próximos dias poderá haver novidades dependendo dos avanços efectuados.
A data de inicio dos trabalhos também já está pensada mas não será ainda divulgada pois existem algumas condicionantes que têm de ser ponderadas.
 
NOTA: Daqui em diante, sempre que possível, iremos em cada post deixar algumas questões que poderão ser respondidas pelos nossos leitores, simpatizantes e sócios, de forma a haver maior interacção entre todos. Essa colaboração deve ser feita com fundamentação e de forma ordeira.

Quais as expectativas em relação à próxima época?
  Quantos jogadores deverão compor o plantel, e consequentemente, quantos reforços deve o clube conseguir? Para que posições?